Últimas

Agricultores descobrem possíveis fósseis de animais pré-históricos no Sertão de Alagoas

Eles faziam uma escavação para conter a água da chuva quando encontraram materiais parecidos com ossos de animais gigantes

 

Agricultores do Sítio Lages, zona rural do município de Piranhas, no Sertão de Alagoas, ficaram surpresos quando fizeram um buraco na propriedade para reter a água da chuva e encontraram materiais parecidos com ossos de animais gigantes.

De acordo com o filho dos agricultores que encontraram os materiais, Fagner Gomes, todos ficaram intrigados com a quantidade e o tamanho dos “ossos”, que aparentam ser fósseis de animais pré-históricos que viveram na região há milhares de anos. O buraco para conter a água da chuva tem menos de dois metros de profundidade e foi feito há cerca de três semanas.

A existência de fósseis de grandes mamíferos pré-históricos no Sertão de Alagoas já foi comprovada no final do século passado. Os primeiros materiais foram descobertos no município de Maravilha, onde atualmente existe um museu dedicado ao tema da megafauna que havia na região. Os fósseis descobertos no município datam de 10 mil a 2 milhões de anos atrás.

Segundo as pesquisas, faziam parte dessa megafauna o tigre-dente-de-sabre, a preguiça gigante, o toxodonte, o mastodonte e tatus-gigantes. Em Maravilha há réplicas em tamanho real de alguns deles, algumas espalhadas pela cidade. Para se ter uma ideia, a preguiça gigante tinha cerca de 6 metros.

 

 

Por Diego Barros

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *