Últimas

Ainda baseada no Lollipop, nova interface da Oppo é revelada

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Oppo está prestes a atualizar sua interface para uma versão mais otimizada e moderna, sugerem fontes que alegam proximidade aos planos da companhia chinesa. Color OS, o nome da modificação própria da empresa asiática, desenvolvida pelos engenheiros da mesma, atualmente encontra-se em sua edição 2.1, usando o código-fonte do Android KitKat para oferecer funções exclusivas a todos os consumidores que compram um modelo fabricado pela marca oriental, porém a novíssima Color OS 3.0 estaria por vir com todo o poder do Lollipop, embora este também seja uma plataforma ‘desatualizada’, já que o Android 6.0 Marshmallow tornou-se uma realidade no final deste ano de 2015. Provando a existência do ambiente virtual renovado da Oppo, uma galeria extraoficial de imagens foi publicada pela origem:

Nota-se que o DNA principal da Oppo, inclusive o responsável por dar nome à interface baseada no sistema operacional da Google, a vasta quantidade de cores presente nos elementos virtuais da plataforma, foi mantida no Color OS 3.0. No software, percebe-se o apelo minimalista tão prezado no atual mercado de telefonia móvel, fugindo do skeumorfismo em todos os fatores exibidos pelo display. A cor predominante, apesar de haver muita variedade, é a branca, dando uma personalidade clara ao plano de fundo exibido por menus, caixas de texto, marcadores e demais novidades encontradas no ambiente feito pela companhia chinesa. Atalhos bem organizados também são utilizados, permitindo que o usuário controle as opções do dispositivo sem precisar ‘caçá-las’ por um longo tempo.

O modelo que aparece executando a provável novíssima interface da Oppo é o R7 Plus, cuja lista de especificações técnicas revela um poder suficiente para rodar o Lollipop, incluindo a tela de 6 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080), 3 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 615, processador de oito núcleos rodando a 1,4 GHz, Adreno 406 para os gráficos, 32 GB de memória para o armazenamento interno, com suporte a cartões microSD de até 128 GB, câmera principal de 13 megapixels com abertura de f/2.2, câmera frontal de 8 megapixels com abertura de f/2.4, leitor de impressões digitais, dimensões de 158 x 82,2 x 7,75 milímetros, peso de 203 gramas e bateria de 4.100 mAh, um conjunto intermediário, mas notável, de componentes.

Não há informações oficiais que comprovam a existência da Color OS 3.0, muito menos seu desenvolvimento, pois somente a Oppo possui o poder de oficializar a existência e as características de sua próxima interface. A versão revelada nas configurações do modelo de testes é a 3.0.0_151216_Alpha, ou seja, um estado ainda bem inicial de criação, ainda antes de entrar no período beta, quando os funcionários da companhia chinesa devem utilizar seus próprios celulares para testarem a novidade. Como a empresa asiática ainda não atua formalmente no Brasil, tente imaginar algo parecido com a MIUI, modificação do Android usada em dispositivos da Xiaomi, identificando várias cores e uma elevada capacidade de modificação.

O Oppo R7 Plus ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *