Algoritmo cria remédio personalizado que pode ser impresso em 3D

Pesquisadores da Escola de Mediciona Wake Forest, nos Estados Unidos, afirmam que criaram uma fórmula garantir que os tratamentos medicinais sejam mais eficazes e tenham menos efeitos colaterais: as pílulas personalizadas e impressas em 3D.

“Os pacientes não são todos iguais. A maneira como reagimos a uma droga é ditada em parte por nossa genética, assim como muitos outros fatores individuais. Atualmente, as dosagens de pílulas são dosados ​​com base em um paciente ‘padrão’. Isso é semelhante a uma loja de roupas só vende ternos de três tamanhos diferentes e esperando um ajuste perfeito em todos os clientes”, explica Min Pu, médico e professor da universidade.

Os pesquisadores criaram um algoritmo que analisa a informação de cada paciente e calcula a dose ideal para ele. A fórmula, então, pode ser impressa em 3D.

Por enquanto, a ideia é apenas um conceito. Para as próximas fases do estudo, os pesquisadores devem realizar mais pesquisas e testes, com o objetivo de avaliar a eficácia da tecnologia.

Via Discovery

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *