Android 6.1 e nova interface seriam as grandes novidades do HTC Perfume

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O próximo smartphone poderoso feito pela HTC ganhou mais informações nesta semana de dezembro, agora chamado de Perfume pelas fontes extraoficiais, podendo ser o codinome dado ao sucessor do One M9. A companhia sediada em Taiwan sempre se torna um alvo fácil das origens anônimas que, supostamente, sempre obtêm acesso aos detalhes de produtos que ainda nem foram apresentados formalmente pela empresa asiática, e o resultado são vazamentos certeiros e concretos, na maioria das vezes, de qualquer forma. Sabendo disto, é válido acompanhar os dados recentes liberados acerca do futuro flagship da marca oriental, citado com o Android 6.1 Marshmallow como sistema operacional, além de uma interface completamente renovada pelos desenvolvedores que trabalham para a fabricante taiwanesa.

Remember reports about next HTC’s flagship codename HTC O2? It’s dead… HTC Perfume is next flagship. Android 6.1 and Sense 8.0_GP…

— LlabTooFeR (@LlabTooFeR) December 8, 2015

De acordo com a publicação acima, cuja origem é o perfil LlabTooFeR, ávido participante quando tratam-se de rumores sobre a HTC, o antigo modelo chamado de OS está ‘morto’, ou seja, provavelmente foi encerrado prematuramente pela empresa asiática, sendo substituído, portanto, pelo Perfume, contando com o Android 6.1 Marshmallow e o ambiente virtual criado pela própria marca oriental, Sense 8.0. A versão 6.1 da plataforma do robozinho ainda não foi liberada pela Google, então é preciso aguardar até que a mesma detalhe o que haverá de novo em seu software. Já a Sense encontra-se em sua edição 7.0, e ferramentas originais da equipe taiwanesa devem rechear o sistema operacional de novidades.

Já em termos técnicos, ainda não há informações consistentes sobre o HTC Perfume, porém especula-se que elas não se diferenciem vastamente da mesma lista de especificações do HTC O2, incluindo a tela de 6 polegadas, sendo que a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) deve ser usada para a exibição de conteúdo visual, além de um módulo com 4 GB de RAM para trabalhar com o processador Kryo (fabricado pela Samsung em 14 nanômetros via processo FinFET) e a placa gráfica Adreno 530, ambos presentes no novíssimo chipset da Qualcomm, Snapdragon 820. São características de um verdadeiro carro-chefe, portanto o gadget pode pender à linha One M, recebendo a titularidade de M10, ou até mesmo a uma série novinha em folha.

Em conjunto com tamanho poder de processador e renderização gráfica, o dispositivo portátil também chegaria em versões com 64 GB ou 128 GB de memória para o armazenamento interno, não podendo ser expandida via cartão microSD, câmera principal de 20,7 megapixels e câmera frontal de 5 megapixels, finalizando com chave de ouro ao portar uma bateria de 3.500 mAh. Como o Snapdragon 820, nas palavras da própria Qualcomm, estreará publicamente apenas no primeiro trimestre de 2016, então não é válido criar expectativas para a chegada do HTC Perfume antes deste período. Até lá, acompanharemos bem de perto o desenrolar da história, e as novidades estarão fresquinhas em nosso feed.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *