Últimas

Android N abandonará Java da Oracle em troca do OpenJDK

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Grande maioria dos apps do Android usam o código Java como linguagem de programação, ficando a exceção para alguns jogos. Mas essa dependência do sistema operacional, que também tem a interface feita na linguagem, não deve demorar a diminuir. Em maio, um grupo de engenheiros da Google mostrou um novo projeto chamado Sky, que usa a linguagem de programação Dart como um substituto do Java – mas não foi dada uma informação de quando veríamos tal mudança.

As melhorias trazidas pelo Dart estariam em fazer aplicações rápidas e responsivas, que rodam sempre estáveis, sem atrasos na exibição. Isso permitiria vermos jogos e outros app rodando a 120 quadros por segundo na tela do smartphone, enquanto o padrão atual é 60 Hz – claro, para isso seria necessário ter smartphones com tela com taxa de atualização de 120 Hz, algo que ainda não vemos no mercado.

Enquanto o Dart não sai do papel, Google anuncia uma grande mudança para a dependência Java do Android. Foi revelado que a empresa não pretende mais depender das APIs de propriedade da Oracle e usar apenas código aberto do OpenJDK. Essa descoberta foi feita analisando o código da próxima versão do Android, chamada por enquanto de apenas N, e que foi confirmado pela Google que será uma das grandes novidades do robozinho em 2016.

“Como uma plataforma open-source, o Android continuará sendo construído sobre a colaboração da comunidade open-source”, um porta-voz da Google disse ao VentureBeat. “Em nossa próxima versão do Android, pretendemos mover as bibliotecas de linguagem do Android Java para uma abordagem baseada em OpenJDK, resultando em uma criação de uma base de código comum para os desenvolvedores, que irá facilitar o desenvolvimento de aplicativos e serviços. Google trabalhou durante muito tempo e contribuiu para a comunidade OpenJDK, e nós estamos ansiosos para realizarmos ainda mais contribuições para o projeto OpenJDK no futuro.”

Foi descoberto ao analisar o código base do Android que Google está trabalhando nesta mudança desde fevereiro deste ano. Com essa novidade, a empresa corta seus laços de vez com a Oracle – algo que era pretendido com a mudança para a linguagem Dart. Agora só nos resta esperar pelo Android N para vermos os benefícios providos pela adoção de uma linguagem totalmente livre e aberta aos desenvolvedores.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *