Apple e Ericsson encerram disputas jurídicas e assinam nova parceria

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Nessas férias natalinas, parece que duas empresas que começaram o ano em brigas na justiça farão as pazes, e melhor, se tornaram aliadas. Talvez não comemorem o natal em uma confraternização calorosa, mas ao menos todos serão poupados de processos cansativos em tribunais, com uma nova parceria, e quem ganha é sempre o consumidor.

No início de 2015, a Apple e a Ericsson entraram em uma disputa judicial para brigar por valores de patentes da empresa sueca. Segundo a Apple, os royalties de patentes relacionadas ao uso de conexões 4G LTE estavam superfaturados e a alegação era de que esses componentes não seriam essenciais para esse tipo de conexão. Por isso, Cupertino moveu a ação para que a Ericsson cobrasse valores inferiores.

Também fazia parte do argumento da Apple que a Ericsson estaria calculando os royalties através de uma porcentagem de todo o mercado de smartphones e tablets, quando o correto seria se basear no valor do chip que conta com a tecnologia LTE. A Maçã afirmava que pagaria um preço justo pelas patentes, e se o tribunal decidisse que elas são essenciais para a conexão LTE, os advogados de Cupertino pediriam ao próprio tribunal para atribuir a taxa de royalties.

Logo em seguida, talvez para se vingar ou mesmo se proteger, a Ericsson moveu outra ação contra a Apple por uso indevido de licenças, alegando que o acordo entre as duas para o uso de suas tecnologias não havia sido renovado. Mesmo depois de dois anos em tentativa de renegociação, um novo acordo não teria sido feito, e por isso, a Apple poderia ter que pagar uma multa baseado no número de aparelhos que ela vende, o que poderia ser entre US$250 e US$750 milhões, anualmente.

Mas, para todos os efeitos, as duas companhias entraram em um acordo neste final de ano. A Apple e a Ericsson chegaram a uma decisão e encerraram todas as ações nos tribunais. Cupertino a partir de agora repassará uma pequena porcentagem de royalties da venda de iPhones e iPads para a sueca durante sete anos, e as duas assinaram uma colaboração mútua, em múltiplas áreas de tecnologia, como o desenvolvimento da tecnologia móvel 5G e a otimização de redes sem fio.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *