Aranha ficará isolado em presídio após ordenar ataques à ônibus em Maceió

Medida foi anunciada pelo secretário Alfredo Gaspar durante entrevista à Rádio Gazeta

 

O secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Alfredo Gaspar, anunciou durante entrevista na Rádio Gazeta na tarde desta terça-feira (15), que o reeducando Aranha ficará isolado dos demais presos no Presídio do Agreste, em Craíbas. O criminoso é acusado de ser o mandante dos ataques à ônibus em Maceió este ano, sendo dois deles acontecidos nesta última semana. Ele descartou a princípio, uma possível transferência para um Presídio Federal.

De acordo com Alfredo Gaspar a medida é uma forma de impedir que Aranha tenha contato com outros reeducandos ou que tenha acesso à qualquer aparelho celular em que possa realizar contatos externos para determinar novos ataques.

“Todos os ataques foram atribuídos ao Aranhas, que comandava por meio de celular que seus comparsas realizassem os ataques aos ônibus em Maceió ou qualquer outra ação criminosa. Vamos isolar ele ou qualquer outro preso de periculosidade que ofereça risco”, disse.

Alfredo ainda afirmou que transferir Aranha ou qualquer outro presidiário de alta periculosidade para um presídio federal está descartada por não surtir efeito, devido às experiências anteriores quando transferiu 80 presos enquanto coordenava o Grupo Estadual de Combate a Organizações Criminosas (Gecoc)

“Em 2012 quando assumi o Gecoc e durante uma reunião decidimos, em comum acordo com outros promotores e com juízes da 17ª Vara Criminal da Capital, conseguimos a transferência deles, mas após 1 ano eles foram mandados de volta pelo Governo Federal. Só que eles voltaram piores e com novos contatos. Por isso uma transferência, neste momento, está descartada”, finalizou.

 

Por Rafael Maynart

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *