Astrid Fontenelle revela que mãe sofria violência doméstica

Astrid Fontenelle usou a pauta dessa semana do Saia Justa para contar um relato pessoal. A apresentadora aproveitou o debate sobre violência doméstica para poder revelar que sua mãe era vítima de agressões.

“Eu só falo isso porque ela morreu, porque ela tinha muita vergonha dessa história. Mas eu acho que falando isso eu posso contribuir com a melhoria da vida de outras mulheres”, começou ela.

Em seguida, ela relatou o que aconteceu.

“Ela apanhava demais do namorado e morria de vergonha. Era um namorado que vivia com ela. Ela tinha uns 56 anos. Ela morava no Rio de Janeiro e eu em São Paulo, e o que chegava até mim, era que ela tinha ‘tropeçado na calçada e quebrado o braço’. Até o dia em que ele destruiu o carro dela, escreveu xingamentos no carro inteiro, e nesse caso não tinha como ela esconder, e uma amiga dela me ligou. Fui até lá, ela estava escondida, e eu batia na porta, falava que era eu, mas ela estava com medo do cara estar comigo e dele poder me bater”, relembrou.

Segundo Astrid, sua mãe conseguiu se livrar do agressor com a ajuda da polícia.

“Contei com a ajuda de um delegado maravilhoso, da Barra da Tijuca, que me ajudou. A gente conseguiu pegar ele em flagrante, ele foi preso, e ela se libertou”, disse.

“No início, ela queria ‘curar’ esse cara, tinha um apego emocional. Mas no final ela tinha pânico, ela tremia, eu coloquei minha mãe no colo”.

Astrid Fontenelle e Fausto curtem clima de romance
Astrid Fontenelle leva o filho para assistir Disney on Ice

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *