Últimas

“Caldeirão de Ouro” reúne os artistas que mais tocaram no programa de Luciano Huck

Foto: Globo/Paulo Belote

Foto: Globo/Paulo Belote

A tarde desta quarta-feira (16) foi embalada por grandes sucessos na gravação do “Caldeirão de Ouro”, no Projac. Diversos nomes da música brasileira passaram pelo palco do especial que relembra os hits mais tocados no programa ao longo do ano. Pela primeira vez, um trio de mulheres, formado por Dani Calabresa, Mônica Iozzi e Camila Queiroz, apresentou a atração ao lado de Luciano Huck. Numa grande festa de gala, nos moldes do ‘Globo de Ouro’, cada uma das artistas comandou um trecho do especial com muito bom humor, trazendo os trocadilhos clássicos da premiação. O sonoplasta e beatmaker Papatinho, do grupo ConeCrewDiretoria, pontuou as brincadeiras com seu som.

O especial contou com a participação de Anitta, Ludmilla, Belo, Bruno e Marrone, Henrique e Diego, Henrique e Juliano, Luan Santana, Lucas Lucco, Nego do Borel, Pablo e Thiaguinho. Todos os cantores se apresentaram ao vivo, de acordo com a colocação no “top 10” do ‘Caldeirão’. Nos bastidores, o clima também era de celebração pelo ano que passou e Luciano falou um pouco da atração.  “A gente faz um bem bolado das nossas redes sociais, do site do programa, de quem faz parte do ‘Caldeirão, para fazer uma lista das músicas mais queridas do ano. E é muito legal ver todos os artistas reunidos, todo mundo cantando ao vivo. Só piadas no roteiro para apresentar as atrações, é sempre muito engraçado”, disse o apresentador.

Trazendo memórias do passado, Mônica Iozzi falou da emoção de apresentar o especial: “Eu me senti um pouco no ‘Globo de Ouro’, lembrei de quando era criança. Eu assistia muito. Aqui são as músicas mais ouvidas no Brasil, o que a maioria das pessoa está ouvindo e toca no programa. Eu acho importante a gente fazer esse reconhecimento”, afirmou.

Veteranos no “Caldeirão de Ouro”, Thiaguinho e Luan Santana comentaram a sensação de estarem mais uma vez na atração. “Estou muito feliz de ficar entre os dez mais desse prêmio do ‘Caldeirão’ novamente. Com certeza coroa um ano de luta, de batalha e de vitória”, disse Thiaguinho. “É um desfile de sucessos. Estar no meio dessa galera é bom demais. Estou muito feliz!”, comemorou Luan.

Parceiro de Ludmilla na música “Eu Não Quero Mais”, o cantor Belo revelou a alegria de participar do programa. “Esse ‘Caldeirão de Ouro’ está muito especial pra mim. Estou ao lado de uma artista muito jovem, que admiro muito”. Ludmilla emendou sobre o ano de sucesso. “Foi um ano maravilhoso, realizei vários sonhos profissionais. É a segunda vez que participo do especial e é muito gratificante estar entre as dez mais do programa”, disse.

Estreantes no programa, os sertanejos Henrique e Diego descreveram a participação como um dos momentos marcantes na carreira. “São momentos especiais como esse que motivam a gente. Poder cantar e agradar pelos quatro cantos do país nos move a trabalhar ainda mais. Esse é o sucesso. São muitas duplas que vêm fazendo um trabalho de qualidade. A invasão do sertanejo no Brasil”, disse a dupla.

O ano também foi marcado pelo ritmo arrocha. Um dos percursores do gênero musical, Pablo afirmou que a participação foi uma ótima surpresa para ele. “É um presente estar entre vários artistas maravilhosos que eu admiro bastante. É uma homenagem às musicas que mais tocaram no ano, eu realmente não esperava”, contou o artista que levou ao palco a sofrência com a canção “Homem Não Chora”.

O programa ainda reuniu todos os convidados no palco para uma linda homenagem ao cantor Cristiano Araújo, que morreu este ano. Juntos, eles cantaram duas músicas do artista na atração, que será exibida no dia 02 de janeiro. O ‘Caldeirão do Huck’ vai ao ar aos sábados, logo após o ‘Estrelas’. O programa tem direção geral de Hélio Vargas.


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *