Últimas

Clone do Grooveshark precisará pagar multa de US$ 17 milhões para a indústria da música

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O Grooveshark se tornou uma plataforma muito famosa antes dos serviços de streaming de música começarem a conquistar diversos consumidores ao redor do mundo. Porém, diferente da maioria que está disponível atualmente no mercado, ela oferecia conteúdo pirata. Exatamente por isso que já passou por diversos problemas, com processos de diversas empresas. E infelizmente para os responsáveis pelo serviço, isso não acabou.

Apesar de ter sido um dos maiores serviços ilegais de música, agora ele realmente não deve voltar nem para dar um “tchau” adequado. A Associação de Gravadoras da América fechou o serviço, mas a punição não foi apenas essa.

Há algum tempo um clone do Grooveshark foi ativado e começou a ser utilizado, então novamente a Associação levou isso para as cortes. Depois de alguns meses em processo, foi decidido nesta última segunda-feira (14/12) que os responsáveis pelo serviço precisão pagar US$ 13 milhões por pirataria e danos aos músicos e gravadoras.

Foram usadas 89 músicas em evidência para o processo, ou seja, isso significa US$ 150 mil para cada uma delas. Além disso, também será necessário pagar US$ 4 milhões adicionais por utilizar o nome “Grooveshark”. É interessante que essa última multa é por roubar o nome de um site pirata, ou seja, um pirata roubou de outro.

De qualquer forma, os responsáveis pela cópia do Grooveshark deverão ter que pagar US$ 17 milhões ao todo. É provável que os responsáveis pelo serviço tentem recorrer e assim diminuir a multa, já que essa quantidade de dinheiro não é tão fácil de conseguir.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *