Últimas

Com colaboração da Google, ONG lança mapas que monitoram o desmatamento no Brasil

Da Redação do site Tudocelular.com.br

A Google colaborou com o lançamento de uma plataforma que vai mostrar a situação de desmatamento e uso do solo no Brasil, mais especificamente na Amazônia, no Cerrado, na Caatinga, na Mata Atlântica, nos Pampas e também no Pantanal, entre os períodos de 1985 e 2015. A iniciativa foi desenvolvida em uma parceria com o Observatório do Clima, uma rede de organizações não governamentais.

Utilizando imagens de satélites das últimas três décadas, o MapBiomas já está em funcionamento, exibindo imagens com resolução de 30 x 30 metros e capazes de aproximar o observador a apenas de 30 metros do solo. Nessa primeira fase do projeto, são exibidos os mapas do período entre os anos de 2008 a 2015. Em 2016 serão disponibilizados as demais imagens correspondentes às três décadas, e em 2017 o sistema será atualizado com as imagens de 2016.

Também são disponibilizados mapas de cobertura de uso do solo com quatro níveis de detalhamento, relatórios anuais de transições de cobertura de uso do solo brasileiro, mapas e estatísticas.

Além disso, o MapBiomas também conta com recursos para especialistas, tais como plataforma de trabalho na web para montar mapeamento para outros países, coleção de scripts da engine do Google Earth, e notas metodológicas explicando como foi realizado o trabalho e como as decisões foram tomadas durante o processo.

Confira uma explicação sobre os mapas através do vídeo abaixo, disponibilizado no site oficial do MapBiomas:

[embedded content]

De acordo com o site, o projeto nasceu em um seminário realizado em março de 2015, onde especialistas tiveram que responder à seguinte pergunta: “É possível produzir mapas anuais de cobertura e uso do solo para todo o Brasil de forma significativamente mais barata, rápida e atualizada, comparativamente aos métodos e práticas atuais, e que possibilitem recuperar o histórico das ultimas décadas?”

A resposta foi afirmativa, e para tornar isso real foi feito o contato com a Google, que resultou em uma colaboração para desenvolver a ideia, com base na plataforma Google Earth Engine.

Os propósitos descritos na página do projeto são:

  1. Desenvolvimento e implementação de uma metodologia rápida, confiável e de baixo custo para gerar mapas anuais de cobertura e uso do solo do Brasil a partir de 1985 até os dias atuais (e posterior atualização anual).
  2. Criação de uma plataforma para facilitar a disseminação da metodologia para outros países e regiões interessadas utilizando a mesma base de algoritmos.
  3. Estabelecer uma rede colaborativa de especialistas nos biomas brasileiros para o mapeamento da cobertura do solo e da sua dinâmica de mudanças.

Para saber mais sobre o projeto, explorar os mapas e obter dados e relatórios, basta acessar o link da fonte logo abaixo.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *