Últimas

Com todo o poder do Snapdragon 820, LeTV Max Pro é avaliado em pontuação

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Um aparelho feito pela LeTV ganhou uma listagem importante na ferramenta de benchmark, AnTuTu, capaz de oferecer pontuações aos hardwares de dispositivos móveis e, de quebra, ainda informar quais são suas peças internas, independente se o aparelho foi — ou não — lançado oficialmente por sua companhia de origem. Com o nome de Max Pro, o modelo chamou a atenção dos entusiastas de telefonia móvel, pois conta com especificações verdadeiramente arrojadas para esta época, incluindo o tão esperado novíssimo chipset da Qualcomm, Snapdragon 820, além de outras características técnicas poderosas. Na imagem abaixo, é possível identificar a quantidade de RAM, memória para o armazenamento interno, megapixels na câmera e sistema operacional pré-instalado de fábrica, acompanhe:

Levando em consideração o que o AnTuTu revela acima, LeTV Max Pro contará com uma tela de 5,5 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo, 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, incluindo processador de quatro núcleos e a Adreno 530 como placa gráfica, 64 GB de memória para o armazenamento interno, provavelmente podendo ser expandida via cartão microSD, câmera principal de 21 megapixels, câmera frontal de 4 megapixels (usando a tecnologia UltraPixel, emprestada da HTC) e o Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional, potencialmente sendo modificado pela interface própria da companhia chinesa.

Observa-se que a presença do chipset mais recente da Qualcomm, Snapdragon 820, será lançado publicamente apenas no primeiro trimestre de 2016, então, mesmo que o LeTV Max Pro esteja sendo testado internamente pela empresa asiática, há boas chances dele dar as caras apenas nos primeiros três meses do próximo ano. Não é a primeira vez que a fabricante oriental é ligada ao uso do novíssimo componente, servindo como ‘cérebro digital’ de smartphones, portanto é válido acreditar que a mesma é uma das mais aprofundadas em relação à implementação do mesmo em um celular, reduzindo os núcleos e aumentando em até 40% a performance gráfica. Sabendo disto, espere por um celular rápido e poderoso.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *