Começam testes com internet a 100 gigabits por segundo

O MEF (Metro-Ethernet Forum), órgão que difunde padrões e práticas para as redes Carrier Ethernet, deu, pela primeira vez, certificados 100 G para CE2.0 para seis fabricantes ao redor do mundo, que são: Alcatel-Lucent, Ciena, Cisco, Coriant, Huawei e Infinera.

Esses fabricantes terão a sua rede com taxa de transferência aumentada para 100 GB por segundo, o que fará com que fiquem dez vezes mais rápidas. O certificado só foi concedido depois de as empresas passarem por testes extensivos que mostraram que elas suportam conexões CE2.0 de alta velocidade tanto na internet quanto nos sistemas de nuvem.

O MEF já havia anunciado em maio de 2015 que iria estender o Programa de Certificação de Carrier Ethernet na Versão 2.0 para que equipamentos de rede pudessem fornecer serviços E-Line e E-Access de até 100 Gbps.

O diretor de operações da MEF, Kevin Vachon, parabenizou as empresas que conseguiram o certificado e explicou que isso permitirá que eles trabalhem com as aplicações mais avançadas baseadas em padrões, como conexões de centros de dados. Isso, a médio prazo, deverá contribuir para o fornecimento de serviços em nuvem altamente escaláveis e dinâmicos, baseados em redes orquestradas, automatizadas e conectadas com LSO, SDN e NFV.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *