Últimas

Comunidade fecha a BR-101 contra greve do transporte complementar

Revoltados com a greve por tempo indeterminado dos motoristas do transporte complementar, moradores da comunidade Sítio dos Macacos, na Guabiraba, Zona Norte do Recife, queimaram pneus e interditaram as duas faixas da BR-101. O protesto acontece nas imediações do Terminal de ônibus da Guabiraba. Com faixas e cartazes, os manifestantes pedem a volta imediata do sistema de transporte, paralisado há dois dias.

A greve afeta cerca de 50 mil usuários de18 linhas de transporte gratuito que atende aos moradores de áreas de difícil acesso. As linhas alimentadoras, como são chamadas, foram criadas para levar a população até uma parada de ônibus e atendem a comunidades da zona norte do Recife, como Alto da Bela Vista, Sítio dos Macacos, Alto do Capitão, Alto do Rosário, Jordão Alto, Jordão Baixo e Alto do Maracanã.

Desde as 17h da quarta-feira passada, os motoristas do sistema cruzaram os braços para protestar contra o atraso nos pagamentos. De acordo com o presidente do sindicato da categoria, Manoel Dias, os trabalhadores estão há 45 dias sem receber salários e a primeira parcela do 13º salário. “Estamos parados por falta de recursos. O Consórcio Grande Recife não está repassando as verbas e só voltaremos ao serviço quando a situação for regularida”, disse Manoel, adiantando que ainda não há sinal de negociação com o consórcio, que alega falta de condiçõe para realizar as transferências.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *