Conselho de Ética retoma discussão sobre parecer contra Eduardo Cunha

O Conselho de Ética retomou na tarde desta terça-feira a discussão sobre o parecer prévio que pede a continuidade do processo disciplinar contra o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A expectativa é que o relatório de Fausto Pinato (PRB-SP) não seja votado hoje devido ao volume de parlamentares inscritos para discursar e devido ao início, a qualquer momento da tarde, das votações em plenário.

Um grupo de estudantes acompanha a sessão com cartazes contra o peemedebista. Os cartazes trazem os dizeres: “Não ao golpe”, “Mais sujo que pau de galinheiro” e “Sem Natal para Cunha”.

A primeira deputada que marcou presença foi a suplente Eliziane Gama (Rede-MA). A “tropa de choque” de Cunha também chegou cedo: os suplentes Manoel Júnior (PMDB-PB) e João Carlos Bacelar (PR-BA) registraram logo suas presenças.

Até o momento, 13 parlamentares se inscreveram para discursar na sessão. Assim, pelo menos duas horas da reunião serão dedicadas às declarações de membros do colegiado e líderes partidários. Com isso, a votação deve ficar para amanhã, 9, mas o presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PSD-BA), ainda não conseguiu um plenário para a sessão desta quarta-feira.

Como membros do colegiado, já se escreveram Zé Geraldo (PT-PA), Cacá Leão (PP-BA), Carlos Marun (PMDB-MS), Paulo Pereira da Silva (SD-SP), Rossoni (PSDB -PR) e Valmir Prascidelli (PT-SP). Eles poderão falar por 10 minutos.

Entre os não membros, estão inscritos para falar os deputados Hugo Motta (PMDB-PB), André Fufuca (PEN-MA) e Ivan Valente (PSOL-SP), que devem discursar por cinco minutos. Também estão inscritos líderes, que devem ter 15 minutos cada para se manifestar nas comissões, como Jovair Arantes (PTB-GO), André Moura (PSC-SE), João Carlos Bacelar (PR-BA) e Rubens Bueno (PPS-PR).

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *