Últimas

Conselho do Yahoo estaria planejando vender o núcleo de negócios de Internet da empresa

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Não é nenhuma surpresa afirmar que Marissa Mayer ainda não obteve avanços em sua missão de reerguer o Yahoo. Agora, segundo relatos de pessoas informadas sobre os planos do Conselho de Administração da companhia, os executivos estão discutindo uma possível venda do núcleo de serviços de Internet da empresa. As conversações foram realizadas durante uma série de reuniões esta semana, de acordo com as notícias que as fontes forneceram na terça-feira.

Os diretores da empresa também discutirão se devem avançar com planos para a cisão da empresa com o Alibaba. Os planos originais são de uma participação de 15% no Alibaba, o gigante do comércio eletrônico chinês. O Conselho vai pesar todas as suas opções, e não está claro se a administração irá mudar de ideia.

As discussões também, claro, colocam a atenção diretamente na executiva-chefe do Yahoo, Marissa Mayer, e a direção da empresa sob sua liderança. Embora Mayer seja creditada por uma estabilização da empresa, que estava em rápido declínio, o Yahoo não introduziu nenhum avanço e novos produtos de destaque durante seus três anos. Além disso, a empresa ficou ainda mais atrás de concorrentes como o Facebook na corrida pela renda de publicidade.

O Yahoo tem uma história que os mais antigos na Internet acompanharam. A empresa começou como um simples site chamado Jerry and David’s Guide to the World Wide Web, e se tornou rapidamente um dos maiores nomes na Internet. Seu site de buscas era um dos gigantes, bem como seu serviço de emails.

Porém, após perder território em todas as suas áreas de atuação para os concorrentes, na última década o Yahoo tem buscado se renovar e encontrar a sua razão de ser. Sob a liderança de Mayer, uma executiva que veio da Google trazendo bastante expectativa do mercado para uma possível reviravolta, a empresa gastou bilhões de dólares em aquisições de serviços como o Tumblr e Polyvore, que ainda não deram o retorno esperado.

Jeff Bonforte, vice-presidente sênior do Yahoo para produtos de comunicações, disse que os funcionários continuam trabalhando em novos produtos e recursos, enquanto as discussões sobre o destino da empresa continuam. “É claro que a Marissa veio com um cronograma de três a cinco anos”, disse Bonforte. No entanto, na semana passada os rumores sobre a troca de CEO voltaram a circular.

As deliberações do Conselho estariam ocorrendo também sob pressão de um proeminente investidor, Starboard Value, que passou mais de um ano tentando empurrar o Yahoo para tomar medidas para aumentar o valor de suas ações.

Centenas de milhões de pessoas continuam a usar os serviços Yahoo, que foram pioneiros na Internet. Então o negócio poderia ter valor para um potencial comprador. A empresa pode ter seu núcleo de negócios à venda e as operações são esperadas para atrair interesse de aquisição de outras empresas de tecnologia, bem como empresas de capital privado, de acordo com analistas e investidores.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *