Últimas

Deficiente físico é assassinado com 21 tiros; DH investiga o caso

O deficiente físico Marcos Leite da Silva, de 33 anos, foi assassinado, na noite desta terça-feira (15). O homicídio aconteceu na Rua São Jorge, na Grota do Cigano, no bairro do Jacintinho, em Maceió.

O crime chamou atenção da população, uma vez que a vítima foi atingida com 21 disparos. Ainda não se tem informações sobre os atiradores, tampouco as motivações para o ato.

De acordo com agentes da Delegacia de Homicídios (DH), o deficiente estava na porta de casa quando foi abordado pelos criminosos. Marcos Leite faleceu na escadaria da que dá acesso ao 1º andar da residência de número 92.

No local reina a lei do silêncio. Temendo represálias, moradores não passaram maiores informações do caso para os investigadores.

O aposentado Amaro Souza da Silva disse que estava dormindo quando ouviu os estampidos. Ele não sabe a que atribuir o crime. “O meu filho era evangélico. Frequentava a igreja há mais de 10 anos”, afirma. Os familiares irão prestar depoimento nos próximos dias na DH.

Ele acredita que a Polícia dará uma resposta o mais breve possível. “Quero que esses criminosos sejam presos”, ressaltou.

Militares do Batalhão de Operações de Policiais Especiais (Bope) e do Batalhão de Eventos (BPE) desempenham suas funções. Após a perícia do Instituto de Criminalística (IC), o corpo será recolhido ao Instituto Médico Legal (IML).

 

Por Guilherme Carvalho Filho

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *