Deputados participam de protesto em Porto Alegre e declaram voto pelo impeachment

O protesto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na capital gaúcha, organizado pelo Movimento Brasil Livre (MBL), teve a participação de dois deputados federais – Darcísio Perondi (PMDB) e Nelson Marchezan Jr. (PSDB). Ambos subiram no carro de som durante a manifestação no Parque Farroupilha, declararam que votarão a favor do impeachment na Câmara dos Deputados e pediram apoio da população para convencer os colegas em Brasília.

Perondi disse que Dilma tem “irresponsabilidade e gastança como método de trabalho”. Ele também falou que os cidadãos têm a força necessária para fazer o processo do impeachment avançar em Brasília. Perondi é um dos políticos gaúchos que se encontrou com o vice-presidente da República, Michel Temer, que veio a Porto Alegre nesta quinta-feira, 10, para dar uma palestra.

Marchezan foi ainda mais enfático ao discursar. Disse que tanto Dilma como Lula “sabiam de tudo” sobre os escândalos de corrupção do mensalão e da Petrobras. “Eu não faço parte dessa quadrilha. Fora, PT”, afirmou. Ele ainda pediu que as pessoas ajudem a pressionar os demais parlamentares em Brasília.

O deputado estadual Marcel Van Hattem (PP) também subiu no carro de som e fez uma explanação igualmente inflamada contra o PT e a administração da presidente Dilma.

Questionado se haverá uma aproximação do MBL com os políticos favoráveis ao impeachment, o coordenador do movimento no Rio Grande do Sul, Felipe Pedri, disse que o grupo dará espaço para aqueles que “votam sim” e pressionará os que “votam não”.

O protesto deste domingo em Porto Alegre começou às 15 horas e dispersou por volta das 17 horas. Desta vez não houve passeata – os manifestantes ficaram concentrados no Parque Farroupilha, conhecido como Redenção. A Brigada Militar (BM) afirmou que 500 pessoas participaram do ato. Já os organizadores disseram que a estimativa final é de 5 mil pessoas.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *