Últimas

Egito deve pagar US$ 1,76 bilhão a Israel após bloquear fornecimento de gás

A concessionária de energia elétrica estatal de Israel disse no domingo que as empresas de gás natural do Egito foram condenados a pagar US$ 1,76 bilhão em compensação por bloquear o fornecimento de gás.

O primeiro-ministro egípcio, Sherif Ismail, disse que o Egito deve recorrer da decisão por um árbitro internacional, segundo a agência estatal de notícias MENA. O Egito parou de vender gás natural para Israel em 2012, depois de meses de ataques a um gasoduto por militantes na Península do Sinai do Egito.

O Israel Electric Corp. processou os prestadores egípcio EGPC e EGAS por US$ 4 bilhões em danos. A companhia disse que sofreu prejuízos pesados após o fornecimento de gás ser interrompido e que foi forçada a comprar combustível mais caro para gerar eletricidade, aumentando o custo.

A empresa disse no domingo que um árbitro internacional concedeu US$ 1,76 bilhões, acrescidos de juros. A empresa disse que vai agir em coordenação com as empresas egípcias para implementar a decisão do árbitro.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *