Últimas

Elenco enaltece trajetória no CQC

O CQC terá em 2016 um “ano sabático“. Durante os últimos oito anos, o programa inovou ao levar para a televisão reportagens ácidas e provocativas, privilegiando também o bom humor e a leveza.

Após o anúncio da pausa no próximo ano, Rafael Cortez utilizou as redes sociais para mostrar que a amizade com os colegas Marco Luque e Maurício Meirelles permanece, além de agradecer pela sua trajetória na atração.

“Eu, @marcoluque e @maumeirelles, agora. Brindando a tudo que fizemos. E jamais pelo que deixaremos de fazer mas faríamos de novo, e com o mesmo amor revigorado”, escreveu.

Marco Luque, que esteve na bancada do CQC desde a estreia, afirmou que se sente honrado pela participação no programa: “Foram 8 anos incríveis com mais de 300 episódios, muitas amizades construídas e um aprendizado que mal posso descrever. Conseguimos vencer o desafio de comunicar misturando humor e jornalismo, abordando muitos assuntos que nos incomodam e interferem diretamente no nosso dia-a-dia. Saibam que, de coração, me sinto muito honrado por ter contribuído para quase uma década de sucesso do programa. O ano de 2016 será um ano sabático para o CQC. Penduro meu terno, mas continuo levando alegria a todos, CUSTE O QUE CUSTAR. Ah! Beijo me liga”.

Já Maurício Meirelles relembrou algumas das suas matérias para a atração: “Graças ao CQC eu visitei 8 países e mais de 30 cidades pelo mundo. Vi o primeiro discurso de reeleição do Obama como presidente, cacei tornados em Oklahoma, nadei com crocodilos na Austrália, assisti jogo no gramado do Camp Nou. Visitei tragédias em Nova York, entrevistei ídolos internacionais como Will Smith, Adam Sandler, Zidane, Roger Federer, sem contar quase todas as personalidades brasileiras. Acompanhei duas eleições, 1 Copa, 1 US Open, 1 Fórmula Indy, 1 Oscar e diversas finais de campeonatos. Conheci histórias, cresci como profissional e fiz bastante amigos. E o principal: ganhei cesta de fim de ano da Band, que tinha belas guloseimas.  Não tenho nada do que lamentar pelo fim do CQC. Só agradecer. E segue o jogo. :)”.

Dan Stulbach também deixou uma mensagem de agradecimento a todos que ajudam a fazer o CQC.

“Quero agradecer. Primeiro ao publico, galera de todos os cantos que participava, cobrava, falava comigo na rua, parabenizava, exaltava e criticava, tratava o programa com carinho, como se fosse seu. E era mesmo. Depois ao Luque e ao Rafa, amigos de bancada. Ao Maurício, Juliano, Erick, Lucas. Aos roteiristas em nome do Danilo Nakamura. Aos diretores parceiros Maximiliano Solla e Diego Pignataro. A todos os produtores e câmeras que fizeram o programa acontecer nas ruas e onde quer que fosse. Às produtoras que tudo organizaram, em nome da Juliana Veiga, aos técnicos ali do estúdio, o microfonista, o diretor de câmera, todos os câmeras de estudio, gente boa demais. Obrigado Diego Barredo, diretor geral da Quatro Cabezas/ Eyeworks. Ao Diego Guebel, diretor artístico da Band, ao Jonny Saad, pelo convite e oportunidade. Enfim, a todos da Band que me receberam tão bem. Eu adoro e adorei estar no CQC. Que este sabático faça bem ao programa e que volte com toda força”, afirmou.


Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *