Últimas

Epic Games comenta sobre a evolução dos smartphones e como eles podem afetar os consoles

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Em entrevista ao Gamasutra, Taka Kawasaki, responsável pelo motor gráfico Unreal Engine da Epic Games comentou sobre os avanços que vemos atualmente acontecer com o potencial para jogos em celulares. A Unreal Engine é um motor bastante flexível que está disponível em consoles, PCs e também smartphones, onde vem mostrando que em breve podemos ter qualidade aprimorada na jogatina de bolso.

Foi perguntado a Kawasaki se a Epic teme que os smartphones acabem com o mercado de consoles nos próximos anos quando for possível ter gráficos tão detalhados como vemos no Xbox ou PlayStation. Ele comentou que vê o segmento de jogos mobile da mesma forma que analisa o potencial fotográfico dos celulares. Muita gente está satisfeita com a câmera do iPhone para tirar fotos e realizar vídeos, mas quem busca uma experiência aprimorada irá investir em câmeras dedicadas e acessórios que ajudem captar a maior quantidade de detalhes nas imagens.

Ele acredita que os smartphones podem levar jogos divertidos para quase quatro bilhões de pessoas no mundo, mas aqueles que buscam uma experiência mais imersiva e detalhes mais caprichados ainda vão investir em consoles ou PCs. Claro, quando tivemos celulares rodando jogos no nível do Xbox, o quadro poderá mudar. Ele acredita que ter um smartphone rodando Gears of War fazendo streaming para sua TV seria um grande diferencial em breve. Onde o celular vem tentando substituir cada vez mais dispositivos dedicados.

No entanto, ele defende que mesmo que em breve vejamos celulares oferecer gráficos no nível do PS4, isso não indica que muitos irão abandonar o console da Sony. Não adianta apenas tem um visual bonito, tem que ter toda uma plataforma por trás que faça a jogatina ser completa para o jogador. E é isso que ter uma câmera dedicada para fotos oferece para os fotógrafos, indo além do que um celular pode fazer atualmente. Google está investindo na API Vulkan que promete revolucionar os gráficos no Android, mas ainda é preciso estudar uma forma mais eficiente de controlar os jogos, já que por toques na tela não acaba oferecendo uma experiência muito favorável, e controles dedicados ainda contam com limitações.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *