Últimas

Estes são 6 flagships que devem estrear no primeiro semestre de 2016

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O próximo ano será bem interessante para os fãs de telefonia móvel. As companhias de tecnologia já reservam boas promessas para o calendário de 2016, incluindo características que devem se tornar padrões no setor mobile, como leitores biométricos, seja de impressões digitais ou de íris, memória volátil em grande quantidade, câmeras verdadeiramente poderosas e a vasta utilização do metal na construção das estruturas, oferecendo a tão falada ‘experiência premiada’ aos consumidores. Embora haja novidades para o ano que vem inteiro, o primeiro semestre certamente reúne algumas das melhores investidas no segmento de celulares, e a equipe do PhoneArena reuniu seis modelos que devem ser o centro das atenções nos primeiros seis meses que estão por vir. Acompanhe abaixo:

Começando a lista com a dupla que seria a mais aguardada para o primeiro semestre de 2016, Galaxy S7 e sua variante de tela curva, Galaxy S7 Edge, devem dar as caras na CES (Consumer Electronics Show) ou MWC (Mobile World Congress), realizadas em janeiro e em fevereiro (quase março), respectivamente. Caso tudo ocorra como o esperado, ambos os modelos devem contar com uma tela de 5,1 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo, 4 GB de RAM (LPDDR4) chipset Exynos 8890 ou o Qualcomm Snapdragon 820, 32 GB, 64 GB ou 128 GB de memória para o armazenamento interno, podendo incluir novamente a entrada para cartão microSD, câmera principal de 12 megapixes com sensor BRITECELL (ou Sony IMX300), câmera frontal de 8 megapixels com sensor ISOCELL som profissional e o Android 6 Marshmallow como sistema operacional, modificado pela interface própria da Samsung, TouchWiz.

O próximo carro-chefe da companhia sediada na Coreia do Sul ainda não foi alvo frequente de vazamentos, porém também recheia a lista de celulares mais esperados para o primeiro semestre de 2016. Reunindo os rumores, estima-se que a gigante da Ásia deixe completamente de lado a utilização de policarbonato na construção de seu flagship, algo devidamente criticado em ocasiões anteriores, pois o metal é considerado o material dos smartphones de elite. Além disso, há rumores sobre a presença do chipset Qualcomm Snapdragon 820, incluindo o processador de quatro núcleos e Adreno 530 como placa gráfica, câmera de 20 megapixels feita ‘sob medida’ e, seguindo os passos da linha Lumia 950, leitor de íris. Acredita-se que o G5 seja anunciado formalmente em abril.

O nome ‘One M10’ ainda é uma enorme incógnita, mas o futuro flagship da empresa taiwanesa já apareceu um conjunto de vezes na mídia, tomando a forma de vazamentos. One X9, como está sendo chamada pelas fontes que alegam proximidade aos planos da marca oriental, reduziria o investimento em componentes internos, selecionando-os de forma que o custo final seja o mais moderado possível, apostando, portanto, em custo-benefício. Se tudo acontecer como o previsto, o modelo contará com uma tela IPS de 5,5 polegadas, usando a resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) para a reprodução de conteúdo visual, 2 GB de RAM, chipset de marca desconhecida, mas trazendo processador de oito núcleos, rodando a 2,0 GHz, 16 GB de memória para o armazenamento interno, podendo ser expandida via cartão microSD, câmera principal de 13 megapixels, câmera frontal de 5 megapixels, suporte às redes 4G LTE e o Android 5.0.2 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface própria da HTC, Sense. Isso tudo por US$ 310, ou cerca de R$ 1.200, usando a cotação atual do dólar como base de conversão, ignorando os impostos brasileiros.

A gigante da Ásia também deve marcar presença no primeiro semestre do próximo ano. Mi 5, apesar de ter sido comentado como um ‘atraso’ pelo CEO da Xiaomi, já foi divulgado informalmente várias vezes, trazendo, dentre suas principais mudanças, um leitor de impressões digitais em forma de botão home, ou em uma superfície específica em seu painel posterior. Fora isso, espera-se uma tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, trazendo processador com quatro núcleos feitos em arquitetura própria da fabricante estadunidense, além da Adreno 530 como placa gráfica, modelos de 16 GB ou 32 GB de memória para o armazenamento interno, câmera principal de 16 megapixels, câmera frontal de 8 megapixels, suporte ao conector universal USB Type-C e o Android 5.1.1 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface própria da gigante da Ásia, MIUI.

E a novela da linha Xperia Z continua. Após sofrer várias críticas sobre a quantidade de integrantes lançados em sua família principal de dispositivos portáteis, Sony pode reduzir notavelmente o número de apresentações da série no próximo ano. Em relação específica ao Xperia Z6, não há informações aprofundadas o suficiente para montar uma lista preliminar de especificações técnicas, mas a presença do chipset Qualcomm Snapdragon 820 é uma das apostas para ele, além do Force Touch, tecnologia que permite a tela reconhecer quando o usuário aplica maior pressão no display. De acordo com fontes que alegam proximidade aos planos da empresa japonesa, o primeiro aparelho da marca nipônica a contar com tal componente será lançado apenas em junho 2016, ainda assim no primeiro semestre do ano.

A conterrânea da HTC também deve ser um dos fortes nomes na competição criada nos primeiros seis meses de 2016. ZenFone 3 seria apresentada como a linha renovada da empresa taiwanesa, tendo diversas variações conforme as categorias de telefonia móvel, preenchendo a de entrada, intermediária e a de elite. O modelo de ponta, inclusive, contará com o padrão USB Type-C, algo que já foi confirmado pelo próprio presidente da ASUS, mas um leitor de impressões digitais também é esperado, visto que um fornecedor de componentes ligado à companhia asiática revelou o pedido de tais módulos por parte da marca oriental.

E aí, está gostando das promessas para o primeiro semestre de 2016? Opine na votação:

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *