Festa de réveillon desagrada moradores de Santo Amaro

Festa deve acontecer na Rua Mário Albuquerque Cavalcante, no Largo dos Apolos�, em Santo Amaro. Foto: DP
Festa deve acontecer na Rua Mário Albuquerque Cavalcante, no Largo dos Apolos�, em Santo Amaro. Foto: DP

É tradição a realização de festas na rua no Brasil: durante o réveillon e o carnaval, por exemplo, espaços abertos são tomados por grande quantidade de pessoas, que escolhem dividir a área pública em comemoração coletiva. Esta área, no entanto, em teoria livre ao uso de todos, pode ser utilizada para reproduzir “modelos de exclusão”  como os blocos de carnaval de cordas que só permitem acesso com abadás pagos, os camarotes organizados em praças, ou as festas em vias públicas com restrição de entrada. É o caso da Smoke Fest, em Santo Amaro, uma festa open bar com ingresso pago que deve acontecer logo após a virada de ano na Rua Mário Albuquerque Cavalcante, no Largo dos Apolos�, em Santo Amaro, região central do Recife.

Segundo flyer de divulgação, a festa custa R para homens e R para mulheres. Entre os apoiadores da comemoração está o vereador Marcos di Bria (PtdoB), conhecido pela atuação na região. Não há qualquer indicação de local fechado para o evento. Para a assessoria da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc), a Rua Mário Albuquerque Cavalcante apenas possui autorização para utilização de um tablado da noite de réveillon. É ressaltado pela Secretaria que não há, no entanto, a possibilidade de uma rua ser fechada para os transeuntes e de ingressos serem cobrados, pois as vias são áreas públicas e, portanto, de livre acesso. Caso irregularidades sejam identificadas, uma multa de aproximadamente R$ 2.000 será cobrada devido à desobediência da licença concedida.

Além disso, a realização do evento não parece ser unanimidade no local. Durante comunicação com moradores da área, que preferiram não se identificar, é ressaltado que a via é residência de muitos idosos que não irão se beneficiar com a organização da festa.

Para realizar festas na rua com autorização
É informado pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) que para receber a licenciamento de interdição de ruas para realização de festas, é necessário solicitar autorização na Gerência Regional competente, informando todos os detalhes, como horário e possíveis equipamentos a serem instalados. Além disso, uma aprovação da CTTU também deve ser solicitada. Caso o licenciamento seja concedido após análise dos técnicos, uma taxa de uso e ocupação do solo será cobrada.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *