Filme pernambucano A História da Eternidade é exibido neste sábado na Globo

Foto: Aurora Filmes/Divulgação (Foto: Aurora Filmes/Divulgação)
Foto: Aurora Filmes/Divulgação

A história da eternidade venceu mais um prêmio nesta semana. O APCA – Associação de Produtores de Cinema e Audiovisual elegeu o filme como a melhor fotografia em 2015, trabalho realizado por Beto Martins. O primeiro longa-metragem de Camilo Cavalcante é a atração do SuperCine neste sábado, à 1h, na Globo Nordeste. Com Irandhir Santos, Marcelia Cartaxo, Débora Ingrid e Zezita Matos no elenco, a produção é dividida em três atos.

Ambientado em um vilarejo no sertão nordestino, o filme narra a história de Alfonsina, que sonha conhecer o mar aos 15 anos. Estreante no cinema, a atriz Débora Ingrid tem bons momentos ao contracenar com o premiado Irandhir Santos (O som ao redor, Trope da elite 2). O ator pernambucano, escalado para Velho Chico, próxima novela das 21h, vive o tio João, que trabalha com arte e poesia.

Outra personagem relevante é Querência, interpretada por Marcelia. Contraste de Alfonsina, sedenta por realizar sonhos, a mulher, de 40 anos, está desiludida com a vida. Após sofrer um trauma, ela perdeu a alegria de viver. Um músico é apaixonado por ela e toca a sanfona diariamente com a esperança de aproximação. Encerrando o núcleo, Dona Das Dores, vivida por Zezita Matos, é uma senhora rezadeira e representa a geração da terceira idade na produção. Maternal, ela cuida dos moradores da cidade, mas vive sozinha, longe da família radicada em São Paulo. Um neto a visita para passar uma temporada no local. O encontro a inquieta.
Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *