Últimas

Google lança o tablet Pixel C pelo mesmo valor prometido em seu anúncio

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O novíssimo tablet da Google já está disponível para a compra, pelo menos aos consumidores interessados que moram onde a loja virtual da gigante de Mountain View, Play Store, também suporta hardwares, além dos aplicativos, filmes, músicas e livros. Pixel C chega em um mercado incerto, ameaçado pela grande presença dos famigerados phablets, conquistando os clientes que buscam a flexibilidade de um celular, porém necessitam de uma tela grande. Em adição a este impasse, há, da mesma forma, fortes concorrentes no setor, incluindo a Apple e a Samsung, cujas linhas de tablets conquistam milhões de fãs e entusiastas ao redor do mundo. A dona do Android, entretanto, aposta em seu próprio sistema operacional para atrair a clientela.

Os valores cobrados por ela em cada unidade do Pixel C são, precisamente, os mesmos reportados pela empresa dos Estados Unidos da América, quando decidiu apresentar o tablet oficialmente no palco, marcando o mesmo dia de estreia pública dos novos Nexus. Pelos números mostrados nas etiquetas de preço do dispositivo portátil, estima-se que a companhia norte-americana tenha conseguido moderar ao máximo o custo de produção de cada exemplar do modelo, resultando diretamente em quantias regulares, necessárias caso o consumidor em potencial decida por levá-lo para casa. Acompanhe na tabela abaixo o quanto será requisitado por cada versão, convertendo os valores com base na cotação atual do dólar e desconsiderando os impostos brasileiros:

  • Pixel C com 32 GB de espaço nativo: US$ 499, ou R$ 1.904
  • Pixel C com 64 GB de espaço nativo: US$ 599, ou R$ 2.286

Além disso, há o acessório exclusivo ao Pixel C, conectado magneticamente à estrutura do mesmo, oferecendo as mesmas propriedades dos teclados encontrados em laptops, por exemplo, decorrendo em um conforto superior na redação de textos. Isto aumenta a habilidade do eletrônico de ser produtivo, ao invés de apenas ‘ocupar espaço’ na mesa, trabalhando com aplicativos realmente úteis para (tentar) substituir um notebook. Este acompanhamento custa US$ 149, ou R$ 570, também baseando-se no câmbio mais recente da moeda dos Estados Unidos, ignorando os tributos governamentais de nosso país, tornando-se um periférico caro, mas possivelmente um fator decisivo aos interessados em comprar o tablet.

De resto, as especificações técnicas do Pixel C, resumidas em uma lista com as principais características, incluem a tela de 10,2 polegadas em resolução 2560 X 1880, ligeiramente superior à Quad HD comum, 3 GB de RAM (LPDDR4), chipset NVIDIA Tegra X1, portanto um processador de quatro núcleos e placa gráfica da linha Maxwell, modelos com 32 GB ou 64 GB de memória para o armazenamento interno, sem a possibilidade de expansão via cartão microSD, suporte à conectividade universal USB Type-C, unindo o espelhamento de tela, recarregamento da bateria e sincronização de dados em um único cabo, e o Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional, provavelmente com funções feitas exclusivamente para tablets.

Infelizmente, ainda não há informações sobre a chegada da novidade em território tupiniquim, então a única opção restante é aguardar até que a Google decida compartilhar mais detalhes da disponibilidade do produto ao redor do mundo.

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *