Últimas

Governo estadual lança companhia especializada para reforçar segurança no Interior

Governador inaugurou companhia nesta terça-feira. (Foto: Divulgação)
Governador inaugurou companhia nesta terça-feira. (Foto: Divulgação)

O Governo de Pernambuco lançou, nesta terça-feira, a Companhia do Batalhão Especializado de Polícia do Interior (BEPI) de Toritama, no Agreste do estado. A frente de trabalho se junta às novas companhias de Palmares, na Mata Sul, e de Custódia, no Sertão.

As três unidades nascem do desdobramento da Companhia Independente de Operações de Sobrevivência na Caatinga (Ciosac), que segue dando nome à última. As unidades contam com 480 homens, que realizam ações em 171 municípios das três regiões. O reforço foi oficializado pelo governador Paulo Câmara durante solenidade no município agrestino.

O governador destacou que o lançamento da nova companhia faz parte de uma estratégia pensada pelo governo do estado para oferecer mais segurança à população. “Esse ato reitera o nosso compromisso com a segurança pública de Pernambuco. A chegada de novos policiais será fundamental para a redução da violência na região. Tenho certeza de que os homens que atuarão no BEPI serão incansáveis na busca de mais harmonia para o Agreste “, afirmou Câmara.
 
O comandante do BEPI, o tenente-coronel Jamerson Pereira, explicou que cada companhia terá 14 viaturas distribuídas em sete equipes. Antes, o reforço no policiamento do Agreste era feito por um equipe da CIOSAC. “A gente deslocava uma equipe do Sertão para dar um apoio à região. Com a implantação do batalhão, a gente  utilizou as equipes da região, com o conhecimento da região, com a estrutura que tínhamos com a CIOSAC”, afirmou.

De acordo com o prefeito do município, Odon Ferreira, a nova estrutura no pouco tempo de atuação já apresentou resultados positivos. “Essa companhia chegou na hora certa. Em junho e julho nós tivemos 28 homicídios. Em setembro e outubro, com a chegada do BEPI, foram registrados apenas quatro homicídios”, pontuou o gestor.

Pacto
Construída a partir do Plano Estadual de Segurança Pública, o Pacto pela Vida é uma política pública de segurança integrada. Mecanismo que visa, principalmente, a prevenção de homicídios no Estado. Mas também cuida de um conjunto de crimes que despertam insegurança no pernambucano. Desde a sua implantação, em 2007, o programa já foi responsável por salvar 10 mil vidas.

Para o secretário executivo de Defesa Social, Rodrigo Bastos, a experiência da CIOSAC será fundamental para a formatação das novas companhias. Ele pontuou que as novas estratégias vão reforçar a segurança na região. “Essa reformulação vai aprimorar e completar a atuação da Polícia Militar no Estado”, assegurou Bastos.

“O Pacto pela Vida é uma política reconhecida e já salvou 10 mil vidas em oito anos. Os ajustes no programa são necessários e acontecem o tempo todo. Hoje nós criamos um novo batalhão e vamos garantir a atuação de 480 agentes de segurança”, pontuou

Participaram da cerimônia o deputado federal Mendonça Filho, os deputados estaduais Tony Gel e Clodoaldo Magalhães, além de prefeitos e lideranças políticas da região.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *