Últimas

Huawei Mate 8 passa por certificação nos Estados Unidos

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O Huawei Mate 8 foi lançado mês passado como o sucessor direto do Mate 7. A novidade tem um painel IPS LCD com 6 polegadas e resolução de 1920 x 1080 pixels, resultando em um total de 367 pixels por polegada. Em seu interior temos o chipset Kirin 950 que conta com CPU octa-core 64-bit formada por quatro núcleos Cortex-A72 trabalhando na velocidade máxima de 2,3 GHz em conjunto com mais um bloco com quatro núcleos Cortex-A53 trabalhando a 1,8 GHz. O lançamento também conta com modem 4G LTE de categoria 6 e GPU Mali-T880 com quatro núcleos gráficos, sendo a opção gráfica mais potente da ARM.

Além do poderoso chipset octa-core 64-bit, o Mate 8 também vem em três versões: sendo uma com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, enquanto a intermediária traz 4 GB de RAM e o dobro de memória interna. O modelo mais potente dos três chega com generosos 128 GB. Em termos de câmera a novidade apresenta sensor principal de 16 megapixels com estabilizador óptico de imagem e câmera frontal de 8 megapixels para selfies. Sua bateria de 4.000 mAh promete durar dois dias em uso moderado, de acordo com testes realizados pela fabricante chinesa.

O grande lançamento da empresa está sendo vendido apenas na China. Huawei comentou durante o lançamento que o Mate 8 seria lançado globalmente no começo do ano. Como a empresa conta com evento marcado para a CES 2016, que acontece em janeiro, já fica claro o que deverá ser revelado pela companhia durante a feira de tecnologia. Agora, para fortificar ainda mais tais rumores, o smartphone topo de linha da empresa acaba de passar por certificação nos Estados Unidos pelas mãos do FCC – órgão similar à Anatel.

Não ficou claro se a empresa pretende adotar os mesmos valores cobrados em sua terra natal, mas o Huawei Mate 8 está sendo vendido na China por US$ 470 para a versão de entrada (3/32GB), US$ 580 para a versão intermediária (4/64GB) e US$ 690 para o topo de linha (4/128GB). Normalmente um produto global acaba saindo com um preço um pouco mais elevado, mas quem sabe a Huawei nos surpreenda?

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *