Últimas

Israel: policial é investigado por conduta em tiroteio que matou jovem palestina

Autoridades israelenses disseram neste domingo que abriram uma investigação sobre as ações de um policial que atirou contra uma garota palestina de 16 anos. Ela morreu com o tiro, disparado em meio a um ataque em Jerusalém.

Em um comunicado, o Ministério de Justiça israelense disse que investiga se o policial usou força excessiva para parar um ataque por duas adolescentes palestinas que esfaquearam um homem. Segundo o Ministério, o advogado-geral pediu abertura da investigação após alegações de que o policial atirou contra a jovem depois que ela já havia sido contida.

Durante o interrogatório, o policial afirmou acreditar que a garota ainda representava uma ameaça. A ação foi filmada por câmeras de segurança e exibida por redes de televisão.

Palestinos têm acusado Israel de uso excessivo de força durante uma onda de violência que durou três meses. O anúncio deste domingo parece ser a primeira investigação oficial sobre as ações de forças de segurança israelenses durante os ataques.

Um total de 19 israelenses e um estudante seminarista norte-americano foram mortos em ataques palestinos, a maior parte por esfaqueamento, enquanto pelo menos 112 foram mortos do lado palestino.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *