Laudos confirmam que a menina Sophia foi morta pelo pai

O secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, afirmou nesta quarta-feira que os laudos do Instituto Médico Legal (IML) confirmam que a menina Sophia, de 4 anos, foi assassinada pelo próprio pai. A criança foi encontrada morta com um saco na cabeça, no apartamento do pai, Ricardo Najjar, de 23 anos, no Jabaquara, na zona sul da capital, no dia 2 de dezembro.

Apontado como principal suspeito pela Polícia Civil, Najjar foi preso temporariamente no velório da filha e permanece na cadeia. Ele deve ter a prisão convertida em preventiva na tarde desta quarta-feira, quando os detalhes da investigação serão divulgados pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

O DHPP chegou à conclusão que o responsável foi o pai”, afirmou Moraes. “Infeliz, só o fato que ocorreu já é uma tragédia, mas tem um tom ainda mais dramático por ficar confirmado que o autor desse crime bárbaro foi o próprio pai.” Najjar foi indiciado por homicídio doloso qualificado. Segundo o secretário de Segurança Pública, o inquérito já foi relatado ao Ministério Público para que a denúncia seja oferecida à Justiça.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *