Últimas

Líderes da UE prometem "luta intransigente" conta o terrorismo

Chocados com os ataques em Paris, os líderes da União Europeia se comprometeram nesta sexta-feira com uma “luta intransigente contra o terrorismo” e com uma série de medidas para combater o problema, como o aumento nos controles imigratórios e o combate ao tráfico de armas.

Os líderes dos 28 países integrantes da UE também se comprometeram a adotar ações rápidas para restringir mais a capacidade dos terroristas de financiar suas ações, incluindo a imposição do congelamento de ativos e outras medidas restritivas.

O encontro em Bruxelas foi o primeiro entre os líderes da UE desde os ataques de 13 de novembro, reivindicados pelo Estado Islâmico, que mataram 130 pessoas e deixaram centenas de feridos na capital da França.

Os ataques “apenas fortaleceram nossa determinação para continuar com nossa luta intransigente contra o terrorismo e para fazer uso completo de todas as ferramentas à nossa disposição, incluindo a coordenação próxima com parceiros cruciais, como os Estados Unidos”, afirmaram as lideranças da UE em comunicado conjunto.

Os líderes também concordaram que era crucial implementar controles sistemáticos e coordenados nas fronteiras externas do bloco, a fim de saber quem entra e sai, e prometeram revisar rapidamente as propostas da Comissão Europeia para combater a venda ilícita de armas, especialmente as armas semiautomáticas usadas por alguns dos responsáveis pelos ataques em Paris.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *