Últimas

Mancha escura: IMA aponta presença de coliformes fecais na praia de Jatiúca

Foram divulgados na tarde desta segunda-feira (21), os resultados das duas amostras coletadas na praia de Jatiúca, na última sexta-feira (18). Os resultados mostram intensa contaminação por Coliformes fecais (termotolerantes), nos dois pontos verificados.

As amostras foram coletadas devido a uma mancha escura que apareceu no mar, a partir das águas provenientes de galerias que deveriam verter apenas águas pluviais.

Nos dois locais, o resultado mostra que há mais de 1,6 milhão de Coliformes fecais em cada 10mL, quando o limite seria de 1000 NMP (Número Mais Provável)/100mL.

Segundo o relatório, foram analisados parâmetros físico-químicos e microbiológicos e as amostras, “não atendem aos critérios estabelecidos para águas avaliadas na categoria própria destinadas à balneabilidade (recreação de contato primário)”.

Isso conforme o que determina a resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) nº 357/2005, art. 15 e inciso II, em cumprimento as exigências contidas na resolução Conama nº 274/2000, art. 2º, § 4º, alínea b, por apresentar valor superior a 2.500 coliformes fecais
(termotolerantes) por cem 100 mililitros.

O relatório foi enviado à Secretaria de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) de Maceió, órgão responsável pela fiscalização das ligações clandestinas nas galerias de águas pluviais.

 

Por Cadaminuto

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *