Últimas

Mutirão oftalmológico no Hope investiga sequelas do Zika em bebês microcéfalos

Especialistas em retina e oftalmopediatria realizam, nesta sexta-feira, mais um mutirão de atendimento para descobrir se o Zika Vírus traz alguma sequela à visão das crianças diagnosticadas com microcefalia. A partir das 7h, as consultas serão realizadas no Hospital de Olhos de Pernambucos (Hope), voltado para atendimento privado e de conveniados.

O objetivo é orientar as famílias das crianças para o tratamento da microcefalia no campo visual. Os pacientes também serão submetidos a exames complementares (retcam, ultrassom e OCT). De acordo com a Dra. Liana Ventura, à frente da equipe médica, exames realizados em alguns recém-nascidos apontaram alterações importantes na retina e no nervo óptico.“Começamos a fazer exames e coletar informações para identificar quais as outras repercussões que poderiam surgir”, explica a oftamologista. Segundo ela, o objetivo agora é ver se essas alterações estão relacionadas ao Zika ou se a outros fatores.

O primeiro atendimento, gratuito, foi realizado no dia 14 de dezembro, na Fundação Altino Ventura (FAV), no bairro da Boa Vista, Centro. A Upae Caruaru, administrada pela FAV, também disponibilizou para a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco exames de USG Obstétrica e USG Trans Fontanela, que são necessários para o diagnóstico e acompanhamento de casos de microcefalia.

Hospital de Olhos de Pernambuco
Rua Francisco Alves, 887, Ilha do Leite, Recife – PE
(81) 3302-2020
www.hope.com.br

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *