Últimas

Oi diz que "tomará medidas judiciais" para manter WhatsApp funcionando

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Diante de um cenário de uma internet caótica por conta do bloqueio do aplicativo WhatsApp, a operadora Oi informou em nota que tomará “todas as medidas judiciais cabíveis” para tentar manter o funcionamento do mensageiro em território nacional. Tanto a Oi quanto outras operadoras de telefonia do país estão sendo obrigadas a manterem o não funcionamento do aplicativo por um período de 48 horas que foi iniciado às 0h desta quinta-feira (17).

[…] a companhia está obrigada a cumprir a ordem judicial, mas diante do notório impacto que o bloqueio causará a todos os clientes da Oi, tomará todas as medidas judiciais cabíveis que possam preservar os interesses dos consumidores.

O bloqueio do WhatsApp foi determinado pela Justiça de São Paulo e fará com que o aplicativo para troca de mensagens fique sem funcionar dois dois dias. O grande problema nesse bloqueio é que o mensageiro é o aplicativo mais utilizado do país, segundo revela uma pesquisa do Ibope-Conecta, com mais de 50 milhões de usuários brasileiros ativos.

Em nota, o SindiTelebrasil, que representa as maiores prestadoras de telefonia móvel, também informou que irá cumprir a determinação. O pedido de bloqueio foi feito porque o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial em um processo judicial realizado em julho deste ano.

O impacto tem sido grande já nas primeiras horas, visto que pouco tempo após o bloqueio acontecer mais de um milhão de usuários migraram para o serviço Telegram, que é um dos apps mais completos para troca de mensagens. Além do Telegram, existem outros 11 aplicativos que você pode usar para substituir o WhatsApp neste período.

Mas, é claro, se você não quer trocar de aplicativo, leia nosso artigo ensinando como burlar o bloqueio e continuar usando o WhatsApp nos próximos dias.

Procurada, a assessoria internacional do Facebook ainda não respondeu aos pedidos da imprensa. O Facebook, por sua vez, não responde pelo WhatsApp, que é uma “entidade individual”.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *