Operação prende suspeitos de tráfico, roubos e homicídios em Penedo

Ações integradas tiveram início na madrugada desta quarta-feira (23). Polícias Civil e Militar trabalham nos municípios de Arapiraca e Penedo.

 

A madrugada desta quarta-feira (23) começou movimentada no interior de Alagoas. Duas operações simultâneas, realizadas em Arapiraca e Penedo, prenderam suspeitos de assalto, homicídios e tráfico. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), 30 pessoas já foram presas ou apreendidas.

A SPP relatou que seis reeducandos, sendo dois do Presídio Baldomero Cavalcanti, dois do Presídio do Agreste e mais dois da Casa de Custódia de Arapiraca, davam ordens para as ações dos suspeitos que agiam em Penedo. Os reeducandos foram encaminhados para a delegacia deste município, onde serão autuados.

Em Arapiraca foram 6 suspeitos presos e 4 adolescentes apreendidos. Fazem parte dessa quadrilha Samuel Felipe de Oliveira Silva, 18, Jonathas Daniel Lima dos Santos, 18, Igor Leandro Marques Freitas, 21, Fábio Liberato da Silva, 32, Maria de Fátima Ferreira de Lima Melo, 25, Fabiane Santos Henrique, 18, três adolescentes de 17 anos e um de 15 anos, segundo informações da polícia.

Uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 32 e telefones celulares estiveram entre os materiais apreendidos (Foto: Ascom/Polícia Civil)Uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 32 e
telefones celulares estiveram entre os materiais
apreendidos (Foto: Ascom/Polícia Civil)

Na operação, também foram apreendidos uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 32, quatro munições de 38, telefones celulares, balança de precisão, centenas de papéis de cigarro, além de dezenas de bolsas femininas.

De acordo com a PC, um veículo Corsa Classic e um caminhão, ambos roubados, e uma motocicleta CBX 250 também foram recolhidos.

Em penedo, segundo a SSP, 20 pessoas já foram presas pelos mesmos crimes, mas seus nomes ainda não foram divulgados.

Participaram da ação policiais da Asfixia, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do 3º e 11° batalhões de Polícia Militar, das Delegacias Regionais de Arapiraca e Penedo, comandados pelos delegados Mario Jorge Barros, Guilherme Iusten e Gustavo Xavier, além do capitão Gírley e o tenente David.

“O ano termina como iniciou. Com as policiais na linha de combate aos criminosos e protegendo a sociedade alagoana. Até agora, graças a Deus, conseguimos mandar para a cadeia muitos que apostavam na impunidade”, afirmou o secretário Alfredo Gaspar de Mendonça Neto.

 

da redação com G1 Alagoas

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *