Operadoras perdem 10 milhões de linhas em 2015

As linhas telefônicas, numa direção oposta à popularização dos smartphones no Brasil, estão passando por um período de queda brusca. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, entre os meses de maio e outubro de 2015, mais de 10 milhões de linhas foram encerradas no país,  um acontecimento inédito.

A razão para o declínio, de acordo com as operadoras, é provavelmente o chamado “efeito WhatsApp”, nome dado ao fenômeno de os clientes optarem por usar serviços de mensagens e chamadas gratuitos, em vez de manter uma linha telefônica.

O número total de linhas existentes no país foi de 284 milhões para 273 milhões em apenas cinco meses. As quatro operadoras que atuam no Brasil foram atingidas, sendo que a Vivo foi a que sofreu o maior número de desligamentos (3,6 milhões), seguida da TIM (3,3 milhões), da Claro (2,5 milhões) e da Oi (1,3 milhões).

De acordo com a Anatel, o estado com o maior número de linhas desconectadas foi o de São Paulo, que sofreu com a perda de 1,8 milhão de linhas. O segundo lugar foi ocupado pela Bahia (987 mil) e a terceira posição ficou com Minas Gerais (914 mil).

Via G1 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *