Últimas

Plano paciente da Microsoft para trazer apps universais à sua loja prevê maior adesão no futuro

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Temos visto um aumento crecente de bons aplicativos na loja da Microsoft figurando a lista dos apps Universais, tais como Netflix, MXPlayer, Facebook beta, e muitos outros. De acordo com o chefe de evangelismo de desenvolvedores da empresa, Steve Guggenheimer, isto é apenas o começo.

De acordo com Guggenheimer, após o lançamento de uma plataforma, é natural certa demora para que os desenvolvedores trabalhem com ela até obter um impulso. “Com o aumento do uso (do Windows 10) será um lugar de auto-realização. Nossas conversas (com desenvolvedores) agora são proativas. Porém mais adiante haverá mais tração.”

Como explica o site Zdnet, os desenvolvedores seguem onde está a fonte de renda. À medida que o Windows 10 cresce em PCs e tablets, os desenvolvedores provavelmente serão cada vez mais interessados em escrever aplicativos para a plataforma. Com o Windows 8, eles tiveram que criar diversas versões dos seus aplicativos, o que poderia ter desestimulado a adesão ao sistema. Porém, com os apps universais, a coisa é diferente.

Guggenheimer observou que, uma vez que os desenvolvedores escolham fazer um app para Windows 10, seja Mobile ou para desktop, facilmente fluiria para suas outras plataformas. Ou seja, não importa por onde o desenvolvedor começa a criar o app, o principal já estaria pronto para rodar em todas as plataformas. Se estiver desenvolvendo para desktop, também estará pronto para os aparelhos móveis.

Você deve supor que nós estamos continuando a trabalhar com os desenvolvedores com os quais os usuários — consumidores e comerciais — se importam. Quaisquer apps interessantes —, jogos sociais, IOT (Internet of Things) — este trabalho continua. E não só nos EUA, mas globalmente, também.

Guggenheimer disse que sua equipe de divulgação para desenvolvedores aumentou seu foco em determinados círculos, em particular as startups e ISVs (Microsoft Independent Software Vendor) e nos próximos meses continuaria esse trabalho em eventos como o CES e a Mobile World Congress, entre outros. Tudo para atrair cada vez mais desenvolvedores para o desenvolvimento de Apps Universais.

Com tudo isso, a mensagem se resume em: paciência, jovem gafanhoto. O interessante de se notar é que Guggenheimer quer que esses profissionais criem seus apps diretamente para Windows 10, ao invés de portarem uma aplicação do iOS ou Android, ao menos enquanto a ferramenta que oferece essa possibilidade ainda não está madura o suficiente.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *