Últimas

PM afirma não ter sido avisada sobre transferência de Delcídio

Quatro dias após a decisão do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), ter autorizado a transferência do senador Delcídio Amaral (PT/MS) para o quartel da Polícia Militar do Distrito Federal, o parlamentar não deixou a Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. O ex-líder do governo foi preso no dia 25 de novembro, acusado de tentar barrar as investigações da Operação Lava Jato.

A transferência de Delcídio foi comunicada à Polícia Federal, mas depende de uma posição do Comando Geral da PM quanto ao batalhão que receberá o senador. A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que ainda não foi notificada oficialmente sobre a remoção de Delcídio.

O pedido sobre a transferência foi feito pela defesa do senador e teve parecer favorável da Procuradoria-Geral da República.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *