Últimas

Prefeitura forma nesta terça mais 400 pelo Formação Comunitária

A Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas do Recife (Secod), em parceria com o Ensino Social Profissionalizante, forma nesta terça-feira (22), 400 jovens aprendizes da Região Metropolitana dentro do Projeto Formação Comunitária (Foco). Com estas formações, o número de agentes multiplicadores de prevenção às drogas chega a 1.162, passando da meta de 1 mil até o final deste ano. O evento acontece às 11h, na sede da Espro no Recife, que fica na Rua da Palma, nº 167, 4º andar, Santo Antônio.

O Foco é um projeto de intervenção no território para prevenção do uso, abuso do crack e outras drogas. É uma proposta de trabalho com ações que devem ser executadas dentro da comunidade onde o indivíduo vive, apoiada e monitorada por representantes dos Comitês Locais de Recuperação de Situações de Riscos de cada região administrativa do Recife. “É quando a própria comunidade fala para a comunidade. Da maneira mais acessível. Imagina uma referência da comunidade tendo informações sobre o assunto e podendo multiplicar? Eles olham, identificam e propõem atividades de melhorias para o atendimento da população usuária de substâncias psicoativas”, explica a secretária Aline Mariano.

A gestora faz questão de salientar a importância do Foco e da participação da sociedade civil no enfrentamento às drogas. “É preciso assumir um papel de protagonismo, abraçar essa responsabilidade social. Se as políticas caminharem juntas e de forma integrada, têm mais chances de dar certo. A parceria entre sociedade civil e governo é um dos principais componentes para que o trabalho seja desenvolvido em sua plenitude. Assim colheremos bons resultados”, enfatiza Aline.

Dentre os 400 formandos, há também funcionários do Espro, como professores, assistentes sociais, psicólogos e agentes administrativos. Os jovens aprendizes formandos desta terça (22)  trabalham em concessionárias, bancos e lojas do comércio varejista do Grande Recife.O curso foi realizado em três módulos, contemplando as seguintes temáticas: Aspectos gerais das drogas; Prevenção às drogas e outros cuidados e Fortalecendo coletivos. “O Foco é um curso completo e o resultado bem satisfatório dentro das comunidades”, garante Karla Rodrigues, gestora de prevenção da Secod.

O Espro – Ensino Social Profissionalizante é uma organização sem fins lucrativos que atua na capacitação profissional para inclusão de jovens no mercado de trabalho. Fundado em 1979, por iniciativa de unidades do Rotary Club, o Espro tem como essência a transformação social, pois capacita e encaminha para o mundo do trabalho, mais de 22 mil jovens em vulnerabilidade social por ano.

Com sede em São Paulo, o Espro, conta também com unidades de atendimento na capital e região metropolitana.  A demanda nacional é atendida por filiais espalhadas por todo o Brasil, localizadas estrategicamente nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Brasília, Porto Alegre e Campinas. Conta também com Polos Regionais.

“Estamos felizes com esta parceria com a Secod porque é um trabalho de conscientização de pessoas que têm uma grande capacidade de influenciar familiares e membros da comunidade sobre a importância de se prevenir contra as drogas”, frisa a gerente regional do Espro, Marcela Toledo.
 

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *