Redes sociais ajudam a encontrar responsáveis por pirataria

Algumas agências especias estão realizando investigações para encontrar envolvidos com pirataria a partir de redes sociais.

O TorrentFreak investigou recentes condenações de três envolvidos no crime no Reino Unido para entender como eles foram descobertos. Para a surpresa, os suspeitos foram descobertos a partir de envolvimentos com redes sociais.

Por exemplo, um dos suspeitos que postou uma série de torrents usava vários nomes de usuário como ‘memory100’, ‘hail_alpha’ e ‘sohail20’. Com esses nomes, o órgão responsável pela proteção dos direitos autoriais do Reino Unido percebeu uma combinação entre sobrenome e nascimento e, logo, conseguiram encontrar o verdadeiro envolvido no Facebook e alertar a polícia.

O Facebook também auxiliou na busca de um outro suspeito, que usou a mesma conta de e-mail anônimo que usava em seus compartilhamentos piratas. O objetivo do órgão do Reino Unido, chamado de FACT, é fazer com que os usuários pensem duas vezes antes de compartilhar conteúdo protegido por leis de monopólio de direitos autorais.

Via Engadget.  

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *