Últimas

Rússia diz que Turquia deve pagar indenização por derrubar jato

Um graduado diplomata da Rússia afirmou nesta quarta-feira que a Turquia deve pagar uma compensação por ter derrubado um avião russo na região da fronteira entre a Síria e a Turquia, no mês passado. A queda do avião e a morte de dois militares russos no episódio estremeceu a relação em geral próxima entre os dois países. O vice-ministro das Relações Exteriores, Alexei Meshkov, disse à agência de notícias estatal RIA Novosti na quarta-feira esperar que Ancara se desculpe, pague uma compensação e dê garantias que isso nunca acontecerá de novo.

A aeronave russo Su-24 estava em uma missão na região fronteiriça, com dois pilotos a bordo, em 24 de novembro. Um dos pilotos foi morto, enquanto o segundo foi resgatado. Um marine russo foi morto durante a operação de resgate. A Turquia disse que o jato violou seu espaço aéreo, mas Moscou negou a alegação, dizendo que mostraria a caixa-preta do jato a especialistas internacionais para provar que tem razão.

Em Ancara, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores indicou na quarta-feira que Moscou não deve esperar um pedido de desculpas ou uma indenização. “Se [Moscou] garante que não haverá violação do espaço aéreo turco, um incidente similar não acontecerá de novo”, disse o porta-voz, Tanju Bilic.

Neste mês, a Rússia impôs sanções econômicas na Turquia, incluindo a proibição de importações de alimentos turcos, e recentemente levou a questão do envio de tropas turcas ao Iraque ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas. Fonte: Associated Press.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *