Samsung Pay poderá tomar metade dos pagamentos digitais no mercado asiático

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Em notícia recente vimos que o serviço Samsung Pay chegaria oficialmente à China graças a uma parceria com o UnionPay, sendo o banco mais procurado por dominar o setor de emissão de cartões no país chinês. Samsung promete uma segurança excepcional, protegendo o usuário a cada compra em três camadas distintas: autenticação por meio da leitura das impressões digitais do utilizador, tokens específicos para pagamentos e o KNOX, plataforma própria da gigante sul-coreana, assegurando que nenhuma informação pessoal do consumidor seja acessada por terceiros. O trio de etapas deve, pelo menos em teoria, permitir que os moradores da China façam transferências bancárias rápidas e não comprometidas.

Agora, de acordo com informações do ETNews, é esperado que o Samsung Pay domine metade das transações virtuais por smartphone no mercado asiático. O grupo Alibaba também está ajudando Samsung a ampliar a participação da plataforma pelo país, que vem também crescendo de forma acelerada nos Estados Unidos.

UnionPay controla 73 por cento dos mercados asiáticos, e todos os cartões de débito e de crédito emitidos pela companhia podem ser usados ​​em 150 países e em 26 milhões de estabelecimentos filiados. Além disso, 52 por cento dos cartões emitidos em todo o mundo no ano passado foram pelo UnionPay. Samsung optou por trabalhar com Alibaba na China uma vez que este grupo controla cerca de 75 por cento do mercado de e-commerce na região.

Todos os smartphones topo de linha de 2015 da empresa contam com leitor biométrico e suporte ao Samsung Pay. Também vimos que os novos Galaxy A5 e A7 vieram com esta tecnologia, sem esquecer do Galaxy A9 lançado hoje na China que também conta com suporte ao Samsung Pay. A empresa tem planos de levar a biometria para celulares mais baratos em 2016, na tentativa de levar o Samsung Pay para uma maior quantidade de usuários. Com isso, podemos esperar que os 50 por cento da cota do mercado realmente seja atingida em breve pela empresa.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *