Últimas
micro

SESAU atualiza dados e aumentam os casos de microcefalia em Penedo

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio de Nota Técnica, atualiza as informações sobre a notificação de microcefalia em Alagoas, ao mesmo tempo, ressalta que os exames de imagem para acompanhamento dos casos iniciaram em 17 de dezembro do corrente ano, de forma ordenada com prévio desta secretaria com os municípios de residência dos casos.

O Ministério da Saúde recomendou que, a partir do dia 19/11/2015, a ocorrência de microcefalia que atendessem a definição de caso (naquela ocasião) fosse notificada de forma imediata as secretarias estaduais de saúde. Em 07/12/2015 foi divulgado o Protocolo de Vigilância e Resposta à Ocorrência de Microcefalia relacionada à infecção pelo vírus Zika, trazendo alterações na definição de casos suspeitos.

Na sondagem anterior, a cidade de Penedo notificava 04 casos, no entantp na atualização dos daodso, esse número pulou para 06 casos.

Casos SUSPEITOS de microcefalia, segundo município de ocorrência (serviço onde nasceu a criança):

 

•        42 casos informados por serviços da Capital;

 

•        30 casos informados por serviços de Santana do Ipanema;

 

•        13 casos informados por serviços de Palmeira dos Índios;

 

•        9 casos informados por serviços de Penedo;

 

•        8 casos informados por serviços de Arapiraca;

 

•        5 casos informados por serviços de Delmiro Gouveia;

 

•        4 casos informados por serviço de União dos Palmares;

 

•        1 caso informado por serviço de Murici;

 

•        1 caso informado por serviço de Maragogi;

 

•        1 caso informado por serviço de Coruripe.

 

Observação: os casos informados ao RESP-microcefalias foram de serviços da Capital, de Santana do Ipanema, de Penedo e de Coruripe.

 

A)    Casos SUSPEITOS de microcefalia em recém-nascidos por região de saúde e município de residência

 

•        1ª Região (29 casos)

 

Maceió: 19 casos Coqueiro Seco: 1 caso Marechal Deodoro: 1 caso Rio Largo: 5 casos

 

Santa Luzia do Norte: 1 caso Pilar: 1 caso

 

Flexeiras: 1 caso

 

Observação: 1 caso de Maceió foi informado ao RESP-microcefalias.

 

•        2ª Região (5 casos)

 

Japaratinga: 2 casos Maragogi: 1 caso

 

Matriz de Camaragibe: 1 caso São Luiz do Quitunde : 1 caso

 

•        3ª Região (6 casos)

 

 

Branquinha: 1 caso

 

São José da laje: 1 caso União dos Palmares: 1 caso Murici: 1 caso

 

Ibateguara: 2 casos

 

Observação: 1 caso de Ibateguara foi informado ao RESP-microcefalias.

 

•        4ª Região (8 casos)

 

Chã Preta: 1 caso Paulo Jacinto: 4 casos Viçosa: 1 caso Quebrângulo: 1 caso Atalaia: 1 caso

 

•        5ª Região (1 caso)

 

Teotônio Vilela: 1 caso

 

•        6ª Região (11 casos)

 

Piaçabuçu: 2 casos Penedo: 6 casos Coruripe: 2 casos Igreja Nova: 1 caso

 

Observação: 1 caso de Piaçabuçu; 2 casos de Penedo; 1 caso de Igreja Nova; e 2 casos de Coruripe foram informados ao RESP-microcefalias.

 

•        7ª Região (9 casos)

 

Arapiraca: 8 casos Belo Monte: 1 caso

 

•        8ª Região (9 casos)

 

Cacimbinhas: 1 caso Estrela de Alagoas: 2 casos Igaci: 2 casos

 

Palmeira dos Índios: 3 casos Maribondo: 1 caso

 

•        9ª Região (22 casos)

 

Santana do Ipanema: 8 casos Dois Riachos: 3 casos

 

 

Olivença: 1 caso

 

São José da Tapera: 5 casos

 

Pão de Açúcar: 2 casos

 

Canapi: 2 casos

 

Olho D’ Água das Flores: 1 caso

 

•        10ª Região (14 casos)

 

Delmiro Gouveia: 7 casos Inhapi: 2 casos Pariconha: 1 caso Piranhas: 3 casos

 

Água Branca: 1 caso

 

Observação: 1 caso de Água Branca foi informado ao RESP-microcefalias.

 

Situação das notificações no Brasil

 

A situação dos registros de casos de microcefalia, divulgada pelo Ministério da Saúde em 12/12/2015, é a seguinte:

 

A)   NORDESTE

 

1)     Pernambuco: 920 casos

 

2)     Paraíba: 371 casos

 

3)     Bahia: 316 casos

 

4)     Rio Grande do Norte: 140 casos

 

5)     Alagoas: 120 casos (atualizado em 19/12/2015)

 

6)     Sergipe: 118 casos

 

7)     Ceará: 79 casos

 

8)     Maranhão:63 casos

 

9)     Piauí: 39 casos

 

 

B)   OUTRAS REGIÕES

 

10)   Mato Grosso: 72 casos

 

11)   Rio de janeiro: 57 casos

 

12)   Tocantins: 50 casos

 

13)   Minas Gerais: 35 casos

 

14)   Espírito Santo: 14 casos

 

15)   São Paulo: 6 casos

 

16)   Goiás: 5 casos

 

17)   Mato Grosso do Sul: 3 casos

 

18)   Pará: 3 casos

 

19)   Distrito Federal: 2 casos

 

20)   Rio Grande do Sul: 1 caso

 

Meios para notificação

 

Plantão CIEVS/SES/AL:98882-9752; 3315-2059; 0800 284 5415, E – Notifica:notifica@saude.al.gov.br

 

RESP: www.resp.saude.gov.br

A notificação ao CIEVS não isenta da notificação a ser realizada por meio dos sistemas de informação específicos (SINASC)

 

 

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *