“Silvio Santos me proibiu de andar com Chorão”, diz Yudi, ex-apresentador do “Bom dia & Cia”

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Conhecido pelo bordão “Playstation, Playstation”, Yudi Tamashiro contou em entrevista para Amanda Ramalho, integrante do “Pânico”, que foi proibido por Silvio Santos de andar com Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr. que morreu em 2013.

“O Chorão era uma referência para mim, andava na pista dele [em Santos], pude acompanhar tudo de perto e teve uma parte que marcou bastante. Ele fez um show no Jequitimar (Hotel de SS), saímos de skate no hotel, fomos para o quarto, todo mundo comentou que não tinha nada a ver o moleque do ‘Bom dia e Cia’ andando com a turma do Chorão. Isso chegou até o Silvio, que me chamou e falou que não queria que eu andasse com aquela turma”, contou ele no programa “20 Músicas”, projeto paralelo de Amanda na internet.

Yudi disse que ficou revoltado na época que era apresentador do programa infantil porque não podia ser como ele realmente era: “Só quem é do movimento hip hop, skate, grafite sabe que eu estava ali presente, acompanhei várias coisas. No começo eu tinha duas vidas, uma como o moleque do ‘Bom dia e Cia’ e outra como o moleque criado na baixada, criado com skate, surf e rua. Tinha muita gente tomando conta da minha vida e eu nunca tive a liberdade de escolher a roupa que eu iria vestir, de falar as coisas que eu gostaria, isso foi me deixando uma pessoa meio revoltada, mas chegou um momento que eu decidi ser o que eu sou”.

Ele contou ainda que ficou muito tempo preso no personagem criado para o programa do SBT: “Hoje em dia não mais, mas há dois anos sim, eu tive que amadurecer muito rápido, mas não podia mostrar isso nos eventos, na televisão. Já namorava e morava junto desde os 16 anos, já levava uma vida de casado, já tinha as minhas responsabilidades. A minha entrada em ‘A Fazenda’ foi o meu jeito de ‘me livrar’ disso, mas é difícil colocar na cabeça de alguém que a criança não é mais criança, já é adulto faz tempo”.


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *