The Voice Brasil: recifense Ayrton Montarroyos é o preferido do público e segue para a semifinal

O cantor recifense Ayrton Montarroyos conquistou o apoio de 44% dos espetadores e garantiu uma vaga na semifinal do The voice Brasil. Representante mais bem-sucedido da cidade, ele escolheu a música Cálice, de Chico Buarque e Gilberto Gil, na terceira noite de Shows ao Vivo do reality show da Globo.

Em interpretação emocionante, na qual explorou a carga de desabafo da letra escrita em meio à ditadura militar brasileira, ele deixou molhados os olhos de Lulu e arrancou elogios rasgados de todos os jurados. “Incrível o que ele faz, a forma como canta a autenticidade, em um momento desse onde o país precisa falar”, comentou Brown.

Conhecido – e elogiado – por selecionar sempre músicas brasileiras para defender, Ayrton já cantou Força estranha, de Caetano Veloso, na Audição às Cegas, Certas coisas, de Lulu Santos, na Batalha Musical, Nunca, de Lupicínio Rodrigues, na Rodada de Fogo, e Carinhoso, de Pixinguinha, na segunda noite dos Shows Ao Vivo (ele não cantou na primeira).

Integrante do time de Lulu Santos, ele segue para a próxima fase com Joelma Santiago (Who are you, do Fifth harmony). Jonnata Lima (Coração leviano, de Paulinho da Viola), Tory Huang (Bem que se quis) foram eliminados da disputa. A noite foi marcada por cenários mais elaborados que as duas noites anteriores da etapa de Shows ao Vivo, além da exploração de bailarinos e figurinos.

O primeiro time a se apresentar na terceira noite do The voice Brasil foi o de Carlinhos Brown, que escolheu Paula Sanffer, após Junior Lord, mais uma vez, ser salvo pelo público, com 54% dos votos. Eles interpretaram Uma brasileira, de Brown, e Pérola negra, de Luiz Melodia, respectivamente, e desbancaram Agnes Jamille (Let’s stay together) e Rebeca Sauwen She’s leaving home.

Em seguida, na equipe de Claudia Leitte, quatro mulheres disputaram as das vagas da semi. Continuam Brícia Helen, com versão de All about that bass, de Megan Thrainor, preferida do público, e Nikki. A paulista de cabelos rosados e maquiagem brilhosa ganhou a jurada com Wrecking ball, de Miley Cyrus. Despediram-se Allice Tirolla (Minha alma, de O Rappa), Lorena Ly (Encontros e despedidas, de Milton Nascimento e Fernando Brant).

No grupo de Michel Teló, o mais marcado pelo gênero musical do jurado e formado exclusivamente por homens, passaram Renato Vianna (Oh! Darling, dos Beatles), com o aval do público, e Renan Ribeiro (Maus bocados, de Cristiano Araújo), opção do técnico. Edu Santa Fé (Tristeza do Jeca, de Angelino de Oliveira) e Matteus (Te esperando, de Luan Santana) não concorrem mais.

Ayrton tem 20 anos e começou a carreira aos 16. No próximo ano, ele vai lançar o primeiro disco, com produção de Yuri Queiroga. O repertório ainda não está definido, mas já estão garantidas faixas dos conterrâneos Zé Manoel (Tu não sabias) e Ylana Queiroga (Aurora), além de Isso, de Chico César, canção escolhida pelo próprio paraibano.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *