Trabalhadores de TI de São Paulo negociam aumento em janeiro

Começa no dia 7 de janeiro de 2016 a negociação do Sindicato dos Trabalhadores de Tecnologia da Informação de São Paulo (Sindpd) com o Sindicato Patronal (Seprosp) em busca de aumento real no reajuste salarial e da ampliação dos benefícios consolidados na última Convenção Coletiva.

Um dos objetivos da negociação é rediscutir o subsídio de 100% do plano de saúde por parte das empresas. Durante a assembleia de aprovação da pauta, realizada no dia 12 de dezembro na sede do Sindicato, o presidente Antonio Neto demonstrou confiança.

“Este ano tem causado muita agitação por conta das crises políticas, econômicas e fiscais pelas quais o Brasil está passando. Sabemos que o empresariado utilizará o velho argumento da cautela para barrar as nossas propostas. Mas é preciso ter certo que, mesmo diante da crise, o setor de Tecnologia da Informação continua crescendo, aliás, cresceu mais do que todos os demais segmentos econômicos. O estado de São Paulo continua sendo o mais forte do setor na geração de emprego e renda”.

A pauta, que já foi aprovada pela categoria e foi oficialmente lançada no SindpdFest (um encontro que reuniu mais de oito mil pessoas do estado de São Paulo), está alinhada com o atual estudo elaborado pela subseção do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) do Sindpd.

O estudo apontou que o segmento de TI movimentou mais de 2.700 novos postos de trabalho em São Paulo apenas de janeiro a agosto de 2015. A consultoria IDC afirma que esse cenário favorável corrobora as projeções de crescimento para o setor, que são de 7%. “São dados que dão fôlego para a categoria exigir suas demandas”, explica Neto.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *