Valdir Simão defende pagar o que for possível das pedaladas este ano

Logo após tomar posse no Palácio do Planalto, o novo ministro do Planejamento, Valdir Simão, defendeu nesta segunda-feira fazer o “possível” para pagar este ano o estoque de R$ 57 bilhões em passivos das chamadas pedaladas fiscais. Por decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), o governo terá de apresentar à corte um cronograma de pagamento do estoque dessa dívida.

“Vamos reunir a Junta Orçamentária, mas eu pessoalmente defendo que pagamos o que for possível para superar de vez esta página e essa agenda”, disse Simão.

Em sintonia com o discurso da presidente Dilma Rousseff, o ministro reafirmou a necessidade de equilibrar as contas públicas ao mesmo tempo em que se deve buscar crescimento econômico. “Estou chegando agora na equipe econômica, então a missão é equilíbrio fiscal e a retomada do crescimento. Foi essa a missão dada pela presidente da República e com essa visão vamos iniciar a partir de amanhã no Ministério do Planejamento”, destacou.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *