WhatsApp: descoberta nova falha que permite "quebrar" o app usando emojis

Da Redação do site Tudocelular.com.br

WhatsApp, o aplicativo de mensagens mais popular do planeta, volta a sofrer com a descoberta de uma nova falha que permite travar completamente sua operação. Essa notícia chega poucos dias depois da grande polêmica e repercussão no caso da determinação da justiça brasileira para bloqueio do app, deixando diversos usuários órfãos por algumas horas em todo o solo virtual verde e amarelo, além de causar a debandada de muitos para serviços concorrentes como o Telegram.

O novo problema foi descoberto por Indrajeet Bhuyan, especialista em falhas de segurança que trabalha avaliando diversos softwares, inclusive foi ele que descobriu há um ano o bug do WhatsApp que possibilitava travar o aplicativo com o envio de uma “simples” mensagem com 2 mil palavras. A partir desse momento o WhatsApp definiu limites de caracteres, mas ao que parece essa correção não foi bem aplicada, pelo menos no que se refere ao teclado de emojis.

Usuários mal-intencionados podem travar o WhatsApp de seus alvos utilizando mensagens compostas por cerca de 4 mil emojis. Como o próprio Bhuyan explica, “o WhatsApp permite mensagens de até 6.500 ou 6.600 caracteres. Porém, após digitar cerca de 4 mil emojis, o sistema começa a perder velocidade. Como o limite ainda não foi atingido, o WhatsApp permite que você continue digitando. Quando ele recebe a mensagem, fica sobrecarregado e quebra”.

O especialista independente disse que já encaminhou o relatório sobre o novo bug ao Facebook, proprietário do aplicativo, que deve responder com uma atualização corretiva nos próximos dias ou semanas. É importante notar que os testes foram realizados na versão para desktop (todos os navegadores web) e também móvel, embora apenas para Android (versões KitKat, Lollipop e Marshmallow). Ainda falta sabermos se os usuários do iOS e Windows também estão vulneráveis. Abaixo você confere um vídeo demonstrando como travar o WhatsApp remotamente.

[embedded content]

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *