Xiaomi Mi 5 será lançado com conectividade NFC, revela documento

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O próximo aparelho da Xiaomi deve contar com uma tecnologia que já deveria ser um dos padrões do mercado atual de telefonia móvel: a conectividade NFC. Esta possibilidade foi levantada após a divulgação de um documento interno liberado pelo UnionPay, banco que atua em território chinês, revelando todos os dispositivos portáteis que já são, ou serão, compatíveis com o serviço Cloud Lightening Pay, responsável por realizar transferências financeiras via celulares com NFC. Curiosamente, o Mi 5 já está presente no conjunto elaborado pela instituição bancária, dando a entender que a companhia asiática já firmou um acordo com a empresa de finanças, antes mesmo de apresentar oficialmente seu novíssimo smartphone de elite.

NFC é a sigla para Near Field Communication, ou comunicação em áreas próximas, em tradução literal, responsável por fazer exatamente o que seu nome já sugere: enviar e receber informações entre dois terminais que estão por perto. Embora possua outros usos, tal tecnologia está sendo utilizada vastamente para a efetivação de movimentações bancárias realizadas por meio de dispositivos móveis, visto que o Apple Pay, Android Pay, PayPal e demais ferramentas desfrutam dessa conectividade para permitirem que os usuários paguem compras usando celulares, tablets e até relógios inteligentes. Xiaomi, ao usar o método no Mi 5, daria a abertura necessária a seus clientes para que eles também aproveitem dos apps de pagamentos remotos.

A presença do NFC no Mi 5 não é interessante somente por permitir que transferências financeiras sejam efetuadas por meio de aplicativos do Android, porque também quebra um paradigma criado pela companhia asiática no antecessor do flagship ainda não oficializado, Mi 4. Tal modelo chegou às prateleiras de varejistas mundiais sem portar a tecnologia de comunicação em áreas próximas, medida duramente criticada pelos fãs da empresa asiática. A explicação, no entanto, foi bem convincente, pois a mesma informou publicamente que apenas 1% de seus consumidores haviam utilizado a plataforma de conexão no Mi 3, que foi lançado com o modem capaz de realizar essa movimentação de de dados por proximidade.

Além do Near Field Communication, Xiaomi Mi 5 deve ser anunciado oficialmente em janeiro de 2016 com uma das melhores listas de especificações técnicas atuais, portando uma tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, trazendo processador com quatro núcleos feitos em arquitetura própria da fabricante estadunidense, além da Adreno 530 como placa gráfica, modelos de 16 GB ou 32 GB de memória para o armazenamento interno, câmera principal de 16 megapixels, câmera frontal de 8 megapixels, suporte ao conector universal USB Type-C e o Android 5.1.1 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface própria da gigante da Ásia, MIUI, provavelmente com atualização garantida para o 6.0 Marshmallow.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *