Escolher destinos menos procurados pode baratear o passeio com a família

Ano-novo, sonhos renovados. Após um 2015 conturbado pela crise econômica, muitas famílias resolveram deixar as malas guardadas e ficar em casa nas férias. Porém, naquelas pessoas em que despertou a vontade de abandonar a rotina caseira, ainda é possível viajar e curtir o período de descanso, mesmo que de última hora e em pleno janeiro. Mas, para evitar dor de cabeça no futuro, é fundamental colocar todos os gastos previstos na ponta do lápis para não comprometer o orçamento familiar. “É preciso lembrar que o início de cada ano reserva despesas obrigatórias, como pagamento de impostos e compra de material escolar”, reforça Álvaro Modernell, consultor financeiro da Mais Ativos e coautor do livro Passaporte para viajar mais.

Gastos com hospedagem, passagem aérea, alimentação, lazer, compras…. todas as possíveis despesas devem ser inseridas no planejamento. E, quanto mais requisitado for o destino para o período, como as praias, mais cara deve custar a viagem. “O viajante deve ter em mente qual tipo de turismo deseja, se quer praia ou serra. Dentro disso, ele pode buscar várias possibilidades, tanto no Brasil, quanto no exterior”, afirma.

A proximidade do carnaval, marcado para 9 de fevereiro, será outro aspecto importante para a montagem do programa de férias. Isso porque pousadas, hotéis e demais tipos de hospedagem tendem a ser ocupados com o passar dos dias. Para tanto, tão importante quanto a escolha do destino será ter flexibilidade para escolha de datas e horários. “Às vezes, os preços das passagens aéreas podem variar quase 100% de um dia para o outro e semana para outra. De um voo que não seja direto — ou seja, que faça escala –, a horários não muito convenientes podem assegurar economia ao bolso”, diz Modernell.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *