Últimas

Ex-motorista de Cristiano Araújo faz retrospectiva de 2015: “Ano embargado por muita dor”

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Ronaldo Miranda, motorista que dirigia o carro no dia do acidente que matou o cantor Cristiano Araújo e a namorada Allana Moraes, fez uma retrospectiva no ano novo para relembrar tudo o que passou em 2015.

“Vim aqui pra agradecer a Deus pelo ano que passou, foi um ano embargado por muita dor, que parece que nunca vai passar, mas com a força de Deus e da família e dos amigos e fãs, vamos tentando seguir em frente. Feliz 2016 pra todos. Deixa Deus comandar tudo, por que só Ele sabe o que faz. O por que dessa foto? Foi mais uma tirada pelo Cris fazendo suas gracinhas”, disse em sua conta no Instagram.

Em setembro, a polícia civil de Goiás indiciou Ronaldo Miranda por duplo homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O laudo oficial apontou que ele estava acima do índice de velocidade permitido para a rodovia, um dos fatores que provocou o acidente que vitimou o cantor sertanejo e a namorada.

Ronaldo foi contratado pelo cantor Marrone, da dupla com Bruno, quatro meses depois do acidente, para trabalhar com ele.

“Ele estava do lado do Cristiano, mas não foi culpa dele tudo que aconteceu, foi uma fatalidade. Então eu disse para ele, “Ronaldo, você não deve nada, isso foi uma fatalidade, podia acontecer com qualquer um, e se você fosse uma pessoa ruim, não estariam te apoiando e nem eu”. Quando o currículo da pessoa é ruim todo mundo sabe, e o currículo dele é bonito, verdadeiro, bacana. É um cara que eu gosto muito, por isso que através do Cristiano e de Deus eu o trouxe para trabalhar comigo”, disse o cantor na época ao portal R7.


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *